Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Disque-denúncia aumenta combate a fraudes na Previdência

30 Ago 2004 - 14h55
Em seis anos de funcionamento da Ouvidoria da Previdência Social, o governo federal já identificou mais de R$ 850 milhões em benefícios não repassados por empresas aos cofres da União. Os empregados teriam descontado o percentual nos salários, mas os empregadores não repassaram a contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que garante a aposentadoria do trabalhador. Números como esses são resultados de telefonemas, anônimos ou não, com reclamações, elogios ou denúncias.

Há um mês e meio, está em funcionamento um telefone exclusivo para que qualquer pessoa, de qualquer parte do país, possa fazer exclusivamente denúncias sobre fraudes cometidas contra a Previdência. É o Disque-Denúncia. Nesse período, está sendo registrada uma média de 1.200 ligações diárias. Segundo a ouvidora Neiva Renck Maciel, cerca de 70% das denúncias são sobre benefícios concedidos ou mantidos fraudulentamente. Também representam alto índice de denúncias a sonegação de contribuições previdenciárias, o trabalho ilegal de agenciadores ou despachantes para concessão de benefícios, cobrança de propinas em fiscalizações feitas por agentes da Previdência e até promessas de candidatos a eleitores em época de campanha.

Segundo a doutora Neiva Renck, os resultados do Disque-Denúncia estão sendo os melhores possíveis. “Nós já incrementamos 40% em termos de reclamações e denúncias em cima de fraudes cometidas contra a Previdência Social. Isso significa que nós já estamos distribuindo isso para nossa auditoria, para a força tarefa, para vários setores da Previdência Social; estamos cancelando benefícios fraudulentos que nos foram denunciados e fiscalizando intensivamente as empresas que estão sonegadoras em relação à Previdência”, explicou..

O Disque-Denúncia, que é mais um serviço da Ouvidoria do Ministério da Previdência, atende pelo número 0800 70 70 477, de segunda-feira a sábdo, das 7h às 19h. As ligações são gratuitas de qualquer parte do país e podem ser feitas por qualquer pessoa, que queira se identificar ou não.

 

 



Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho