Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Dirigente do Palmeiras despista saída de Magrão

19 Jul 2004 - 15h48
O meio-campista Magrão recebeu uma proposta de um clube do futebol alemão (possivelmente o Werder Bremen) para deixar o Palmeiras. A oferta da equipe estaria em cerca de US$ 4 milhões pelos direitos federativos, mais o pagamente de 60 mil euros de salários.

Mas a postura oficial do Verdão é evitar comentários sobre a proposta de um dos principais atletas do elenco. Nesta segunda-feira, o diretor de futebol Mário Giannini não confirmou o andamento de qualquer tipo de transação.

'Se houvesse uma proposta, o Palmeiras já teria conhecimento, e posso garantir que não sabemos de nada', avisou o dirigente, durante o embarque do elenco no Aeroporto de Cumbica para o jogo contra o Paysandu, na cidade de Belém.

Além disso, Mário Giannini encarou com normalidade o fato do procurador de Magrão, Juan Figer, estar na Europa neste momento. 'Ele costuma ir para fora umas quatro vezes por ano. É um parceiro do Palmeiras', explicou o diretor de futebol palmeirense.

Só que a situação não é simples. Na última renovação de contrato, o Palmeiras aceitou a exigência de liberar o atleta no momento em que houvesse uma proposta vantajosa de fora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário