Menu
SADER_FULL
terça, 17 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dirigente do Corinthians descarta novas contratações

15 Set 2004 - 13h06

O gerente de futebol do Corinthians, Paulo Angioni, está descrente com a possibilidade do clube conseguir fazer mais alguma contratação até sexta-feira, prazo final para a inscrição de jogadores no Campeonato Brasileiro.

"Estou céptico, não vejo grandes possibilidades de encontrar reforços a essa altura do Campeonato. Lamentavelmente não virá ninguém", disse Angioni, em entrevista à TV Bandeirantes.

Esta semana cogitou-se a vinda dos meias Iranildo, do Brasiliense, Gil baiano, do Náutico, (ambos da Série B), e principalmente o reforço do argentino Romagnoli, do San Lourenzo (Argentina).

O dirigente corintiano, no entanto, descartou os dois primeiros e contou que desconhece qualquer negociação com o meia argentino.

"Iranildo, Gil Baiano e outros que foram oferecidos, nós não temos convicção de que possam acrescentar algo ao Corinthians. Quanto aos nomes de peso, como Romagnoli, se tiver possibilidade de acontecer acho ótimo para o time, mas eu não estou tratando de nada", concluiu Angioni.

 

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Régis se aproxima de Maria da Paz, que fica mexida com ex
ALTOS HONORÁRIOS
Advogados cobram R$ 4,4 milhões de Viúva da Mega-Sena em honorários na Justiça
TRAGEDIA
Pai tenta salvar filho em incêndio, mas os dois morrem
MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber