Menu
SADER_FULL
quarta, 22 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Dinheiro pode tirar Uruguai da Copa América

2 Jul 2004 - 07h21
A seleção uruguaia pode ficar fora da disputa da Copa América. Os jogadores do país querem um salário de US$ 4 mil (mais de R$ 12 mil) para disputar a competição, que começa na próxima terça-feira, no Peru.

A Associação Uruguaia de Futebol deve apresentar uma contraproposta aos jogadores para poder garantir a participação do país na competição. O presidente da entidade, Enrique Saravia, disse que espera ver o impasse resolvido até domingo.

A Copa América tem sido desdenhada pelos comandantes das principais seleções do torneio. O Brasil, por exemplo, não convocou seus principais atletas para a competição e o treinador Carlos Alberto Parreira pretende fazer alguns testes.

O futebol uruguaio vive uma grave crise econômica e muitos jogadores estão com seus salários atrasados. O impasse que pode deixar o time de fora da Copa América é mais um capítulo na história do país, que chegou a sofrer uma interrupção nos campeonatos de acesso.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABSURDO - BRASIL
Homem morre em motel durante relação sexual com a filha
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Família oferece recompensa de R$ 5 mil a quem encontrar idoso desaparecido
SANGUE FRIO
Marido que ficou em desespero ao saber da morte da esposa é preso e confessa o crime
TRAIÇÃO
Mulher flagra marido com novinha e a faz andar pelada na rua
ENCONTRO ACABA EM MORTE
Moça que foi estuprada e assassinada saiu de casa para se encontrar com um amigo
RAÇA ASSASSINA
Rottweiler mata doze bezerros em propriedade rural
TRAGEDIA NA RODOVIA
Grave acidente envolve três caminhões e um carro na PR 180; uma pessoa morreu
FÁTIMA DO SUL - NESTA QUARTA-FEIRA
Esclarecimentos sobre porte de armas e suas aquisições acontece nesta quarta-feira em Fátima do Sul
ESTUDANTES
Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira
TECNOLOGIA
Clientes de bancos digitais vão poder sacar dinheiro em padarias e supermercados