MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 17 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
12 de Novembro de 2004 10h39

Dia Mundial do Diabetes será comemorado neste domingo

No próximo dia 14 de novembro (domingo), será comemorado o 14° Dia Mundial do Diabetes e a campanha deste ano é dedicada ao maior risco relacionado ao diabetes do tipo II, a obesidade, um tema comum e atual da vida metropolitana.

 

Nos anos recentes, o Dia Mundial do Diabetes tem colocado em foco várias complicações como doenças cardiovasculares, deficiência renal, ocular e outras. Cerca de 80% das pessoas com o diabetes do tipo II, que por sua vez, correspondem a 90% dos casos de diabetes, estão obesas ou acima do peso. Chega a ser impressionante os números em escala global, tanto que a obesidade, junto com o diabetes, representam o maior desafio de saúde pública do século 21.

 

O excesso de peso aumenta a resistência à insulina, elevando os níveis de glicose no sangue. Nos últimos anos tem se tornado alarmante o número de crianças obesas que acabam adquirindo o problema. A conseqüência pode ser desastrosa. Quanto mais jovem for o diabético do tipo II, maior será o risco de aparecerem complicações cardíacas, cegueira e outras que afetam a longevidade.

 

Simples modificações no estilo de vida, como dietas leves (menos alimentos ricos em gordura e açúcar) e exercícios físicos (como a caminhada) têm mostrado ótimos resultados que contribuem para a saúde e prevenção do diabetes do tipo II. Estima-se que quase a metade dos casos pode ser evitados com essas ações.

 

No entanto, estratégias de prevenção focada de forma individual não são o bastante para a epidemia de diabetes e obesidade. O alto número de obesos também está ligado a uma série de fatores que dificultam essas ações. Nelas se incluem: áreas urbanas mal organizadas que restringem a possibilidade de exercícios físicos e preços elevadas dos alimentos dietéticos.

 

A Federação Internacional do Diabetes - IDF e a Organização Mundial da Saúde - OMS se organizaram para que neste ano seja transmitido mensagens a população em geral. O intuito é mostrar que o diabetes pode ser prevenido e que não precisa ser uma complicação de alta expansão no século 21. Uma dieta saudável e atividades de exercício físico podem evitar o surgimento.

 

Segundo a Coordenadora Estadual de Diabetes e Hipertensão, Susana Martins, no Sistema Único de Saúde - SUS, as doenças cardiovasculares são responsáveis por 1.150.000 das internações /ano, com um custo de 475 milhões de reais. Não há uma causa única para essas doenças, mas vários fatores de risco, que aumentam a probabilidade de sua ocorrência.

 

O Diabetes Mellitus representa um dos principais fatores de risco, contribuindo decisivamente para o agravamento deste cenário. Devido ao seu caráter crônico e incapacitante, com grande probabilidade de deixar seqüelas, essa patologia é de grande importância, principalmente porque muitas complicações ocorrem em plena fase produtiva.

 

O Diabetes Mellitus afeta cerca de 8% da população adulta com mais de 40 anos (Ministério da Saúde-2002), o que no Mato Grosso do Sul representa aproximadamente 44721 pacientes.

 

No Brasil, cerca de 27% dos óbitos estão associados às doenças cardiovasculares e em Mato Grosso do Sul em 2002, corresponde por 35%. Com freqüência essa doença leva à invalidez parcial ou total do indivíduo, com graves repercussões para o paciente, sua família e a sociedade e quando diagnosticada precocemente, essa doença é bastante sensível, oferecendo múltiplas chances de evitar complicações.

 

Fatores como tabagismo, sedentarismo, obesidade, hipercolesterolemia (taxa de colesterol alta), contribuem para o agravamento dessa doença. Portanto, investir na prevenção é decisivo não só para garantir a qualidade de vida como também a hospitalização e os conseqüentes gastos.

 

“Investir na prevenção é decisivo, não só para garantir a qualidade de vida, como também para evitar a hospitalização e os conseqüentes gastos principalmente quando se considera o alto grau de sofisticação tecnológica da medicina moderna”, justificou Susana.

               

A importância do exercício e atividade física:

 

1.                              De acordo com pesquisas o sedentarismo pode ter causado 1.9 milhões de mortes no mundo em 2002.

Imprimir 
Comentários
Veja Também
HERBALIFE_300
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Últimas Notícias
  
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.