Menu
SADER_FULL
domingo, 9 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dia de Campo reúne produtores de banana em Nioaque

8 Out 2010 - 06h15Por Fátima News

“A banana é um produto que não se perde, só dá lucro e resultado”. Com mil pés de banana plantados em 26 hectares, Cícero Francisco dos Santos, 83 anos, agricultor familiar e apicultor, cedeu seu lote no Assentamento Colônia Conceição, em Nioaque, para um Dia de Campo sobre bananicultura promovido pelo Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma.

 

A visita técnica reuniu técnicos e colaboradores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS) e cerca de 120 pequenos e médios produtores rurais da região cadastrados no Projeto, que atende 11 municípios com ações que promovem o desenvolvimento da agricultura familiar. Durante o encontro, os agricultores receberam além de orientações técnicas sobre o cultivo da fruta como épocas para plantio e trato do solo, informações sobre os benefícios previdenciários de aposentadoria que o trabalhador rural tem direito.

 

Animado com os resultados obtidos, seu Cícero já pensa em aumentar a produção. “Hoje eu tenho mil pés (de banana), mas quero chegar a 10 mil com a ajuda e a orientação dos técnicos. Se eu tivesse participado desse projeto desde o começo, hoje já era rico com banana”, sorri otimista.

 

De acordo com o gestor técnico do Senar/MS, Harduin Reichel, são mais de 550 produtores cadastrados no Território da Reforma e já foram desenvolvidas ações como cursos, oficinas, seminários, visitas técnicas e dias de campo. “A idéia é reformar o campo para uma maior produtividade e ensinar na prática como produzir mais e melhor”, ressalta. “Com planejamento e boa escala de produção, é possível a comercialização”, afirma Paulo Tanoye, Agente de Desenvolvimento Rural do projeto.

 

Segundo o técnico agrícola e coordenador da iniciativa, Antônio Minari Júnior, da média de 57 kg de frutas consumidas anualmente pelo brasileiro, 35 kg são de banana. “Observem o tamanho do mercado que ainda temos para explorar”, indagou. E das 17 mil toneladas de banana nanica que chegam até o Ceasa (Centrais de Abastecimento de Mato Grosso do Sul), conforme o técnico, apenas 303 toneladas são produzidas em Mato Grosso do Sul. “Nosso Estado tem grande potencial de produção, porém, somos importadores de banana. Muitos já plantam, mas sem tecnologia e irrigação”, explicou.

 

De acordo com Minari a banana pode ser plantada em qualquer tipo de solo e praticamente durante todo ano, exceto nos períodos de muito frio, desde que o solo tenha sido irrigado. “A irrigação é primordial para comercializar o fruto o ano todo”, garante.

 

O agricultor familiar João de Souza vai repassar o que aprendeu no Dia de Campo aos colegas. “Vou levar para meus companheiros da associação, nós queremos aprender as novas técnicas para ter renda”, enfatizou.

 

Sobre o Território da Reforma

 

O Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma tem o objetivo de desenvolver os pequenos negócios rurais, fortalecendo a organização, diversificação e sustentabilidade do agronegócio. Tem como metas aumentar a venda de produtos da agricultura familiar no mercado local, gerar novos postos de trabalho, aumentar a renda dos produtores rurais e diversificar as matrizes econômicas.

 

O Território da Reforma é uma iniciativa da Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Desenvolve ações nos municípios de Anastácio, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Maracajú, Nioaque, Sidrolândia e Terenos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Pesqueiro 7 Bello serve delicioso almoço com pratos típicos do peixe neste domingo em VICENTINA
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro