Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dezesseis aeroportos terão postos de justificativa eleitoral

1 Out 2010 - 10h11Por Portal G1

A Infraero, empresa púbica que administra os aeroportos do país, informou nesta quarta-feira (29) que 16 aeroportos brasileiros contarão com postos de justificativa eleitoral para a votação do próximo domingo (3).

Os eleitores que estiverem fora do domicílio eleitoral e não se cadastraram para o voto em trânsito (somente nas capitais), devem justificar a ausência. Quem não justificar ausência por três votações seguidas (cada turno conta como uma votação), tem o título eleitoral cancelado e pode ter direitos suspensos, como requisitar um passaporte.

Os aeroportos que contarão com os postos são:

Aeroporto Internacional de Brasília/Juscelino Kubitschek
Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre
Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas
Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves
Aeroporto Internacional de Belém/Val de Cans
Aeroporto Internacional de Salvador/Deputado Luís Eduardo Magalhães
Aeroporto de Goiânia/Santa Genoveva
Aeroporto de Vitória/Eurico de Aguiar Sales
Aeroporto Internacional de Florianópolis/Hercílio Luz
Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins
Aeroporto Internacional de Natal/Augusto Severo
Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Cunha Machado
Aeroporto Internacional de Porto Alegre/Salgado Filho
Aeroporto Internacional de São José dos Pinhais/Curitiba - Afonso Pena
Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas
Aeroporto Internacional de Várzea Grande/Cuiabá – Marechal Rondon

Os postos de justificativa contarão com funcionários dos tribunais regionais eleitorais de seus respectivos estados.

A Infraero informou ainda que tem um plano especial para as eleições. O órgão diz que vai intensificar o monitoramento nos 67 aeroportos brasileiros, suspender a escala de folga de seus funcionários e reforçar as equipes de manutenção e limpeza dos aeroportos. O plano será realizado entre 30 de setembro e 5 de outubro.

O objetivo, disse a Infraero, é "assegurar que os eleitores tenham seus deslocamentos sem transtornos".

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo