Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Dez professores são detidos em ato no Maranhão

18 Set 2004 - 09h32
A Polícia Militar deteve ontem dez professores da rede estadual de ensino do Maranhão, após um confronto ocorrido durante uma manifestação política da categoria em São Luís. Eles foram liberados ainda ontem, e fizeram exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

De acordo com a Folha de S. Paulo, entre 1,5 mil professores (segundo a polícia) e três mil (de acordo com a categoria) participaram do protesto, que terminou com um confronto com policiais do Batalhão de Missões Especiais da PM do Maranhão. A categoria decidiu ontem pela continuidade da greve que já dura 15 dias.

Além dos professores, foi preso o motorista do carro de som que era usado no protesto. Os professores disseram ter sido feridos no choque com policiais, que usaram cassetetes e gás lacrimogêneo. Já o comandante do batalhão, major José Frederico Gomes Pereira, disse que policiais sob o seu comando foram agredidos pelos grevistas.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'