Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 17 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Dez professores são detidos em ato no Maranhão

18 Set 2004 - 09h32
A Polícia Militar deteve ontem dez professores da rede estadual de ensino do Maranhão, após um confronto ocorrido durante uma manifestação política da categoria em São Luís. Eles foram liberados ainda ontem, e fizeram exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

De acordo com a Folha de S. Paulo, entre 1,5 mil professores (segundo a polícia) e três mil (de acordo com a categoria) participaram do protesto, que terminou com um confronto com policiais do Batalhão de Missões Especiais da PM do Maranhão. A categoria decidiu ontem pela continuidade da greve que já dura 15 dias.

Além dos professores, foi preso o motorista do carro de som que era usado no protesto. Os professores disseram ter sido feridos no choque com policiais, que usaram cassetetes e gás lacrimogêneo. Já o comandante do batalhão, major José Frederico Gomes Pereira, disse que policiais sob o seu comando foram agredidos pelos grevistas.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Régis se aproxima de Maria da Paz, que fica mexida com ex
ALTOS HONORÁRIOS
Advogados cobram R$ 4,4 milhões de Viúva da Mega-Sena em honorários na Justiça
TRAGEDIA
Pai tenta salvar filho em incêndio, mas os dois morrem
MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber