Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Detectado foco de febre aftosa no Estado do Amazonas

10 Set 2004 - 17h53
 

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) informou hoje a ocorrência de um foco de febre aftosa no município de Careiro da Várzea, na região leste do Estado do Amazonas, próximo à cidade de Manaus. O diagnóstico, realizado pelo Laboratório de Apoio Animal do Mapa, em Belém (PA), confirmou a presença dos sinais clínicos da doença em quatro bovinos com idade entre 12 e 24 meses.

A suspeita foi comunicada pelos proprietários da fazenda, localizada numa ilha do rio Amazonas, no último dia 25 de agosto. A fazenda, que tem um rebanho de 34 bovinos, 15 ovinos e um suíno, não tinha registro de vacinação contra a febre aftosa nos anos de 2003 e 2004, tendo sido interditada. Amostras das propriedades vizinhas também foram coletadas e estão sendo analisadas pelo laboratório oficial.

A região pertence ao Circuito Pecuário Norte, onde o sistema de defesa sanitária animal está em fase de implantação, e tem classificação de alto risco para a doença. Toda a produção bovina destina-se ao consumo local. O Mapa esclareceu que, em razão da localização geográfica da propriedade, o foco representa baixo risco de difusão para as áreas reconhecidas como livres da doença no país.

O rebanho infectado está a 500 quilômetros da atual zona livre de aftosa com reconhecimento internacional e a 350 quilômetros da área livre do estado do Pará com reconhecimento nacional. Como barreiras naturais para a difusão da doença na região, destaca-se a floresta amazônica, rios, lagos e a ausência de estradas de acesso.

O Mapa já enviou comunicação da ocorrência da doença a OIE (Organização Mundial de Saúde Animal), ao Panaftosa (Centro Pan-Americano de Febre Aftosa), aos países vizinhos e aos países e blocos econômicos com os quais o Brasil mantém intercâmbio comercial. Equipes de especialistas da Delegacia Federal do Ministério da Agricultura no Amazonas, em conjunto com o Serviço Estadual de Sanidade Animal do Amazonas, estão adotando todas as providências necessárias ao esclarecimento do ocorrido, ao controle e erradicação do foco.

Serão implantados postos de fiscalização para impedir o trânsito de animais suscetíveis à doença, inspeção clínica em todas as propriedades próximas, vigilância sanitária e a devida investigação epidemiológica para definir a origem da doença, ainda indeterminada.

 

 

Mídia Max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo