Menu
SADER_FULL
quarta, 26 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Despesas de famílias com saúde sobem 10% em seis anos

24 Jun 2010 - 14h58Por Portal MS

A Pesquisa de Orçamentos Familiares confirma a tendência de alta nos medicamentos em até 10%despesas no setor nos últimos seis anos. O gasto com saúde é semelhante para famílias que têm renda maior ou menor renda. Fica em torno de 6% do valor total das despesas das famílias. Quem ganha menos gasta mais com remédios, e as famílias que ganham mais, gastam mais com os planos de saúde.

Na lista dos gastos familiares levantados pela pesquisa do IBGE, a assistência à saúde aparece em quarto lugar, depois de habitação, alimentação e transporte. O número relativamente baixo não significa a mesma coisa para todo mundo, segundo economista Roberto Zentgraf.  

“Para o pessoal mais bem aquinhoado, que ganha mais, os 5,5 % significam que parte desse seu orçamento em saúde é consumido não apenas em planos, mas em medicina preventiva, complemento alimentar, vitamina. Ele tem uma dose de conforto para esse gasto de saúde. O pessoal que está em uma faixa menor de renda esses 5,5% significam praticamente a subsistência dele”, aponta o economista Roberto Zentgraf.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno