Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Desconto na conta de luz é aprovado para a baixa renda

27 Jul 2010 - 14h24Por R7
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (27) a concessão de desconto na conta de luz para os consumidores mais pobres, considerados de baixa renda. Pelas regras anteriores, o desconto só era concedido mediante o consumido da residência. A mudança vem para corrigir as falhas no sistema, que gerava distorções, uma vez que consumidores solteiros de classe média, que moram sozinhos, acabavam sendo beneficiados, assim como proprietários de casas de veraneio.

Para continuar recebendo o benefício, os consumidores mais pobres terão de apresentar às distribuidoras o NIS (Número de Inscrição Social) que possuem no Cadastro Único do Governo Federal, usado como critério para distribuição do Bolsa Família. Além de estar dentro desse cadastro, o consumidor precisará comprovar uma renda mensal per capita de meio salário mínimo (R$ 255).

A quantidade de unidades de consumo beneficiadas não deve mudar muito em relação às 19,5 milhões atendidas. A diferença é que todos os beneficiados serão efetivamente contemplados com a tarifa de baixa renda, segundo Ricardo Vidinich, superintendente de Regulação da Comercialização da Aneel.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat