Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Descaso no atendimento público irrita contribuinte

19 Jul 2004 - 14h15
A micro-empresária Maadai Rafael, procurou a Assetur (Associação das Empresas de Transporte Urbano) para retirar a segunda via da carteira do passe do estudante de seu filho, de 17 anos. De acordo com a micro-empresária, antes de efetuar o pedido da segunda via, ela teve que retirar um documento na Agetran (Agência de Trânsito) para que o mesmo fosse pago em um banco da Capital.

“Quando procurei a Assetur, na rodoviária para entrar o documento já pago, o posto estava fechado, sendo que o horário de funcionamento é das 7h30 às 11h, e ainda faltavam cinco minutos para às 11 da manhã”, afirmou.

A micro-empresária reclama do descaso no atendimento ao contribuinte, em órgãos públicos. “Eu pago os meus impostos e não tive direito ao atendimento”, afirmou. Para retirar a segunda via da carteira do passe do estudante o beneficiado deve pagar R$ 10,70.

A assessoria de imprensa da Assetur informou que o horário de funcionamento do posto na rodoviária é respeitado, e caso exista alguma reclamação sobre os horários de atendimento o contribuinte deve procurar formalizar a reclamação junto a prefeitura ou na Agetran.

Ainda segundo a assessoria, o horário de funcionamento do posto na rodoviária é das 7h30 às 11 e das 13h às 17h.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal