Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Descartada supeita de hantavirose em Mato Grosso do Sul

1 Set 2004 - 14h04
O governo estadual, através da Secretaria de Estado de Saúde, recebeu comunicado do Ministério da Saúde que a causa da morte de Maricélia Caniço Valesi, assessora do Ministério Extraordinário da Pesca, que faleceu no dia 6 de agosto, com suspeita de hantavírus, foi descartada, uma vez que o resultado de sua amostra foi IgM negativo.

Ela esteve em Mato Grosso do Sul, visitando os municípios de Dourados e Maracaju no mês de julho.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção
SUICIDIO OU HOMICIDIO
Advogada criminalista é encontrada morta com tiro na cabeça em sua casa
DENUNCIA GRAVE
Mães denunciam abuso sexuais e agressões em creche
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Homem ateia fogo no próprio corpo após esfaquear mulher
NOVELA GLOBAL
Chiclete conta a Vivi a verdade sobre sua vida de matador em 'A dona do pedaço'
DUPLO ASSASSINATO
Vereador e filho foram assassinados dentro de casa
FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos