Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Deputados de MS recebem 75% da verba dos federais

7 Abr 2007 - 10h45
 

A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul está entre as três do País que paga aos deputados estaduais 75% do total da verba dos deputados federais, conforme levantamento divulgado hoje pela agência de notícias G1.

Os outros dois estados em que os parlamentares têm direito a R$ 11,25 mil de verba indenizatória e R$ 38, 1 mil de verba de gabinete são Bahia e Tocantins. Mensalmente, os 24 deputados de Mato Grosso do Sul recebem um total de R$ 49.350,00 entre verba indenizatória (R$ 11.250,00) e verba de gabinete (R$ 38.100,00).

Em doze estados, a soma da verba indenizatória e da verba de gabinete superam os R$ 50 mil. Conforme o levantamento do G1, nos 26 estados e no Distrito Federal, o salário dos parlamentares (R$ 9,6 mil) é equivalente a 75% do subsídio do deputado federal, cuja remuneração é de R$ 12.847,00.

Já os deputados da Câmara Legislativa do Distrito Federal e os da Assembléia de São Paulo recebem verbas indenizatória e de gabinete superiores às dos próprios deputados federais, segundo levantamento do G1. Os parlamentares dessas duas casas legislativas têm direito a mais de R$ 90 mil mensais com estes benefícios, contra R$ 65,8 mil da Câmara dos Deputados.

A verba indenizatória é o dinheiro que o deputado recebe para o ressarcimento de despesas decorrentes da atividade parlamentar, como combustível, viagens, material de escritório, entre outras. A verba de gabinete é destinada ao pagamento dos salários de assessores e funcionários a serviço do deputado.

Portanto, se a Câmara dos Deputados reajustar os salários, haverá um efeito cascata nas assembléias. Em muitos estados, a vinculação é prevista em lei, ou seja, se o salário do deputado federal aumenta, o do estadual sobe automaticamente. Em outros estados, é preciso a aprovação de um projeto de lei na assembléia para que o reajuste seja aplicado.

A Câmara deverá elevar os subsídios dos parlamentares de R$ 12.847 para R$ 16.250, que corresponde ao índice de inflação (26,49%) medido pelo IPCA nos últimos quatro anos. Dessa forma, o salário dos deputados estaduais e distritais pode subir para R$ 9,6 mil para R$ 12,2 mil.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção