Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 16 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Deputados ausentes poderão ter corte no salário

1 Jul 2004 - 15h53
Para conseguir quórum na Câmara na próxima semana, que garanta a votação dos projetos de interesse do Governo, o presidente da Casa, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), não vai poupar o bolso dos parlamentares. A ordem é descontar as ausências nos salários dos deputados. Cada dia de falta resultará em R$ 1.605,90 a menos nos contracheques. O desconto pode chegar a R$ 8.029 pelos cinco dias de esforço concentrado.

Nenhum parlamentar poderá alegar que não foi comunicado. João Paulo já enviou telegramas para os 513 deputados avisando que haverá sessão de segunda a sexta-feira da próxima semana.

Com isso, os líderes governistas pretendem evitar o desgaste de uma convocação extraordinária, que implicaria em gastos para a União ¿ que só de salários somam R$ 15,2 milhões. Isso porque os deputados têm direito a dois salários extras, no valor de R$ 12.847 cada.

Na pauta da Câmara, os governistas vão tentar votar a Agência de Desenvolvimento Industrial, o projeto de inovação tecnológica, o que prevê incentivo para a construção civil e o que regulamenta as agências reguladoras.

 

Agência Nordeste

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles