Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Deputados ausentes poderão ter corte no salário

1 Jul 2004 - 15h53
Para conseguir quórum na Câmara na próxima semana, que garanta a votação dos projetos de interesse do Governo, o presidente da Casa, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), não vai poupar o bolso dos parlamentares. A ordem é descontar as ausências nos salários dos deputados. Cada dia de falta resultará em R$ 1.605,90 a menos nos contracheques. O desconto pode chegar a R$ 8.029 pelos cinco dias de esforço concentrado.

Nenhum parlamentar poderá alegar que não foi comunicado. João Paulo já enviou telegramas para os 513 deputados avisando que haverá sessão de segunda a sexta-feira da próxima semana.

Com isso, os líderes governistas pretendem evitar o desgaste de uma convocação extraordinária, que implicaria em gastos para a União ¿ que só de salários somam R$ 15,2 milhões. Isso porque os deputados têm direito a dois salários extras, no valor de R$ 12.847 cada.

Na pauta da Câmara, os governistas vão tentar votar a Agência de Desenvolvimento Industrial, o projeto de inovação tecnológica, o que prevê incentivo para a construção civil e o que regulamenta as agências reguladoras.

 

Agência Nordeste

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário