Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Deputado multado em R$ 500 mil por dano ambiental

29 Set 2004 - 16h35

A Sema (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) multou em R$ 500 mil o empreendimento Agropecuária Água Viva Ltda, de propriedade do deputado estadual Waldir Neves (PSDB), por construções irregulares em área de preservação.

No dia 23 de setembro, conforme o Campo Grande News, técnicos da Sema vistoriaram o local que funciona como pousada em Bonito, para analisar o pedido de licença ambiental. Conforme informações da secretaria, o empreendimento vinha operando de forma irregular há vários anos, com construções em área de preservação permanente e o problema mais grave identificado, desde a origem do empreendimento, foi o desvio do curso do rio Formoso, utilizando a água para abastecer uma piscina para atender os hóspedes da pousada.

O local, segundo a Sema, já havia sido autuado devido as irregularidades, levando o Ministério Público Estadual, por meio da Procuradoria de Meio Ambiente de Bonito, a efetivar um termo de ajustamento de conduta entre o proprietário, Sema e Promotoria.

O deputado Waldir Neves deverá apresentar defesa do auto de infração no prazo de 15 dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção