Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

“Democracia, Campanhas Políticas e Ética” de Antonio Néres

21 Jul 2004 - 13h14

DEMOCRACIA, CAMPANHAS POLÍTICAS E ÉTICA

Antonio Néres.

Não se pode falar em democracia sem que nos lembremos, de imediato, de partido. É com os partidos e pelos partidos que se exerce, pratica e exprime a democracia. Esta se consolida na medida e proporção em que os partidos se apresentem fortes, com programa sólido e embasados numa ideologia consistente e definida. Ter um programa não basta, acenar para uma ideologia não é suficiente. Os partidos devem ter um programa estabelecido, com metas bem marcadas e com uma ideologia que não seja somente escrita, mas resultado de uma aspiração e de uma filosofia de vida.

A falta de agremiações políticas com tais características fragiliza as instituições democráticas e propicia as chamadas crises de regime. A eventual existência de grupos, facções ou alas, dentro de um partido político, desde que estes se voltem para a circunstancialidade, não para a essencialidade, e que são superados quando o objetivo maior precisa de união, não é sintoma de fraqueza desde que o essencial seja mantido e se superem as diversidades.

Os partidos de esquerda, que se fundamentam no marxismo, no materialismo histórico e na luta de classes, trazem consigo visualizações diferentes no acidental, mas jamais abdicam do essencial, que é o fundamento ideológico e programático a unir e nivelar todos os grupos. O programa dará sustentação ao governo que todos querem conquistar e sua aplicação é o objetivo que os conduz ao embate político.

Numa eleição caberia, antes de se procurar o candidato, voltarmo-nos para o que ele representa enquanto comprometido com uma ideologia, pois esta é que definirá a fisionomia ao programa de governo que vier a apresentar. Não deve estar em jogo, prioritariamente, o candidato, mas sim a sua capacidade de executar e implantar o que a legenda sob a qual se abriga se propõe a executar. Partido é instrumento de promoção do bem comum e este passa, sempre, pelo respeito à dignidade do homem e sua pessoalidade. Se não tivermos isso presente, devemos concordar que não estamos sabendo votar.

*O autor é radialista e jornalista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias