Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Delcídio vota projeto que dá às cooperativas acesso ao FAT

3 Abr 2007 - 10h10
 

Logo após participar da votação da indicação presidencial do nome do advogado Antônio Bedran para o Conselho da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) seguirá para a CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), onde apreciará o projeto de lei do Senado (PLS 320/03) que permite aos bancos cooperativos o acesso aos recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Segundo Delcídio, o projeto prevê que para o acesso não há necessidade da utilização de intermediários financeiros. “A proposta tem o objetivo de quebrar o monopólio de bancos oficiais, como o Banco do Brasil, no repasse dos recursos do FAT”, explicou.

A matéria altera a Lei 8.019/90 (que já modifica a legislação do FAT), determinando depósito especial, remunerado e disponível para movimentação imediata também em bancos cooperativos, além das instituições financeiras oficiais federais.

Altera também a Lei 8.325/91 (que dispõe sobre as disponibilidades financeiras do FAT), autorizando bancos cooperativos, além do Banco do Brasil, a utilizarem os recursos para conceder empréstimos ao setor rural.

O senador Osmar Dias (PDT-PR), relator, apresentou parecer favorável à matéria.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'