Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Delcídio luta por royalties para trazer mais recursos a MS

4 Set 2010 - 07h37Por MS Notícias

O senador Delcídio do Amaral vai intensificar logo após as eleições a luta para aprovar no Congresso Nacional projeto que destina a todos os estados e municípios parte dos recursos arrecadados pelo governo federal com a exploração de petróleo na camada Pré-Sal, localizada no litoral brasileiro.



“Vamos estabelecer percentuais no montante que o governo receberá com a comercialização do petróleo para investimentos em educação, saúde, inclusão social e tecnologia. Assim, o Brasil vai aliar o crescimento econômico com a melhoria da qualidade de vida de toda a população, especialmente dos mais carentes. Uma coisa para nós é clara. Embora o óleo do Pré-Sal esteja no litoral do Rio de Janeiro, do Espírito Santo e de São Paulo, os demais estados também têm que ser beneficiados porque é uma riqueza que pertence a todo o país. Mato Grosso do Sul, com certeza, não ficará de fora desse bolo”, defendeu senador em entrevista concedida nesta sexta-feira, 3 de setembro, ao telejornal MS Record Primeira Edição, da TV MS, em Campo Grande.



Durante oito minutos, Delcídio conversou com a apresentadora do programa, jornalista Glaura Villalba, sobre propostas para o segundo mandato, caso seja reeleito senador.



“No setor de saúde, vamos buscar a aprovação da Emenda 29, que destina para a saúde, em todo o Brasil, até 10 % de tudo o que o governo federal arrecada . Lutarei também pela implantação das UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento) 24 Horas, uma idéia que surgiu no Rio de Janeiro e está sendo levada a outros estados pelo governo federal como forma de desafogar os hospitais que dispõem de atendimento de urgência e emergência”, declarou. A UPA é uma unidade classificada no nível intermediário, entre os postos de saúde, que oferecem atendimento básico, e os hospitais, responsáveis pelo tratamento dos casos mais complexos.



A situação das regiões de fronteira também preocupa o senador.



“É preciso estabelecer rapidamente uma política específica para a fronteira. No caso de Mato Grosso do Sul, viabilizamos a instalação de uma base aérea da Força Nacional na Fazenda Itamaraty (em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai), que complementa o bom trabalho feito pelos órgãos estaduais de segurança, inclusive o DOF, no combate ao narcotráfico e ao contrabando. Mas é preciso avançar mais, criando projetos de amplo alcance social, que ofereçam educação, saúde, lazer e, principalmente , oportunidades de trabalho”, afirmou Delcídio.



No que se refere ao setor de segurança, o parlamentar defende a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 300) que unifica o piso salarial das polícias militares de todo o país e também da PEC 549, que promove a reinserção dos delegados de polícia na carreira jurídica.



“A experiência nos mostra que investir em armamento, viaturas e outros equipamentos necessários à constante atualização das polícias é muito importantee deve ser feito sempre . Mas não podemos esquecer que é preciso oferecer, também, treinamento e um salário digno para os policiais civis e militares, para que eles se sintam, cada vez mais, motivados a trabalhar pela segurança de toda a sociedade”, ponderou Delcídio, que antes da entrevista ao telejornal da Record participou também do programa Noticidade, da Rede MS de Rádio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo