Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 23 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Delcidio defende a união e fortalecimento do PT

21 Mai 2007 - 16h26

O senador Delcídio do Amaral defendeu neste final de semana a união de todas as correntes do PT,  como forma de fortalecer ainda mais o partido para as eleições municipais do ano que vem. Para o senador, qualquer atitude no sentido de promover divisões entre os petistas não constrói nada.

        

Não se iludam. Nossos adversários são fortes e estão se articulando para virem com tudo para cima do PT e tomar os espaços que o partido conquistou no estado. Nós vemos hoje um quadro muito favorável em nível nacional, com a economia em crescimento, os programas sociais do governo federal começando a produzir os primeiros resultados, o Programa de Aceleração do Crescimento deslanchando na Câmara e no Senado. Mas se quisermos manter e até mesmo ampliar as 15 prefeituras que temos hoje é preciso superar as divergências internas e marchar juntos, unidos, defendendo nossas propostas de construir  um Mato Grosso do Sul pujante e socialmente mais justo. Independente das nossas divergências,temos que fazer com que o PT caminhe e tenha um bom resultado em todo o estado. – afirmou o senador,  para uma platéia de prefeitos, vice-prefeitos, deputados estaduais e federais, militantes e dirigentes do PT, reunidos na sede do Sindicato Rural de Corumbá, no encontro em que o partido discutiu estratégias para as eleições de 2008.

        

Momentos antes do encontro, ao ser questionado por jornalistas sobre as declarações dadas pelo ex-governador Zeca do PT a imprensa, de que ele(Delcídio) teria sido “injusto” e dito “inverdades”, ao afirmar que algumas lideranças do partido não se empenharam, como deveriam, para elegê-lo governador em 2006, o senador ponderou :

        

Esse assunto está requentado. É só perguntar para o povo que o povo sabe o que aconteceu na eleição do ano passado. O Zeca ficou 5 meses enclausurado, hibernando, e agora quer voltar ao cenário político achando que está no dia primeiro de janeiro.  A campanha já passou. Nós temos que olhar o futuro e o futuro é de quem trabalha, de quem é leal, de quem é honesto, decente, de quem procura construir um Mato Grosso do Sul melhor, de quem respeita as pessoas. Eu, que assumi o papel de fazer a campanha contra um candidato forte ao governo do estado, estou com a consciência tranqüila porque fiz um papel fundamental para o partido. Contra tudo e contra todos, eu consegui, com o apoio do PT e dos partidos aliados, quase 40 % dos votos, o que não é pouco em nenhum lugar do Brasil – disse.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias
CONCORRENCIA
Padre Fabio de Mello reclama de Bradesco na internet e é disputado por concorrentes
TRAGEDIA NO CHILE II
Morta com a família no Chile, jovem havia ganhado viagem de presente de 15 anos
MILIONARIO
Aposta de Aramina-SP fatura mais de R$ 11 milhões na Mega-Sena
TRAGÉDIA NO CHILE
Seis brasileiros são achados mortos em apartamento em Santiago, no Chile
BARBÁRIE
Mulher sobrevive a tentativa de feminicídio, mas fica tetraplégica
MAIOR PEDRA DO MUNDO
Homem de 51 anos passa por cirurgia e tem pedra de 1,3 Kg na bexiga