Menu
SADER_FULL
quinta, 20 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Decreto quer o fim da restreabilidade bovina no país

11 Ago 2004 - 08h13
A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados pode apresentar hoje decreto legislativo que suspende a exigência da rastreabilidade de bovinos no país. O deputado Waldemir Moka (MS), membro da comissão, disse há pouco que a primeira alternativa é uma negociação com o Ministério da Agricultura. “Se não houver acordo, vamos apresentar o projeto”, diz. Segundo o deputado, o setor pecuário defende que a adesão seja livre “e não obrigatória como é hoje”, acrescenta, justificando pelas dificuldades que, segundo ele, os produtores têm para cumprir com a exigência. “Não importa se o gado é para exportação ou não, todos têm que ser rastreados”. Moka, que é autor do requerimento que provocou uma audiência pública, informa que os deputados da Comissão de Agricultura vão discutir, amanhã cedo, com o ministro Roberto Rodrigues uma solução “amigável” para o impasse, mas avisa que se não for possível vai ser apresentado o decreto anulando a rastreabilidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento