Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Decepcionado, Lula faz apelo à multidão em favor de Zeca

25 Ago 2010 - 11h45Por
No maior comício realizado pela campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT), que reuniu 30 mil pessoas no centro de Campo Grande, o presidente Lula fez apelo para a multidão eleger Zeca do PT governador. Considerado histórico, o evento foi classificado como “mágico”, “inesquecível”, “iluminado” e “gratificante”.

Lula reforçou a importância da eleição de Zeca e Dilma para o Mato Grosso do Sul e o Brasil seguirem mudando e no caminho certo. “A continuidade do meu Governo não é quem está ai governando, mas é o Zeca do PT”, conclamou o presidente, que também pediu a eleição dos deputados estaduais e deputados federais dos partidos aliados e dos senadores Dagoberto Nogueira (PDT) e Delcídio do Amaral (PT).

Obras e Decepção

Num discurso emocionado, Lula criticou, sem citar o nome, o fato de se comemorar os recordes dos investimentos e das obras realizadas em Mato Grosso do Sul, mas não citar que só ocorrem devido a verbas federais.

Somente o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) prevê investimentos de R$ 12,9 bilhões em Mato Grosso do Sul entre 2007 e este ano. É o maior plano de investimento em saneamento básico, rodovias, infraestruutra, logística e habitação da história do Estado.

Lula classificou com uma das maiores decepções em 64 anos de vida pública ver um ex-aliado André Puccinelli declarar apoio ao adversário, José Serra (PSDB) e ainda pedir para ele ser o pai de Mato Grosso do Sul. “Fiquei chateado”, admitiu.

Mágica

Diante da multidão, Zeca do PT classificou a noite de terça-feira como “mágica”. Num discurso franco, emocionado e histórico, ele apresentou que o seu projeto é o de “respeito aos poderes, respeito às instituições, respeito aos empresários, respeito ao servidor público, respeito aos que lutam pela reforma agrária e respeito aos indígenas”.

O candidato a governador afirmou que o comício da virada é o “encontro histórico daqueles que têm o mesmo sonho e as mesmas utopias”. Ele destacou a luta de Dilma contra a ditadura, destacando que seria bom ter mais jovens que arriscassem a própria vida pela luta pela liberdade e pela democracia.

Dagoberto classificou a noite como “histórica e inesquecível”. “Estamos recebendo o maior estadista que este país já viu. Aqui ninguém quer o retrocesso, quer avançar”, afirmou o pedetista, que tem Gilda do PT como candidata a primeira suplente de senador.

“É uma noite iluminada por lua pantaneira maravilhosa”, afirmou a candidata a presidente Dilma. Ela disse que “a Força do Povo representa o projeto que Lula coloca em andamento no País, que antes era da desigualdade, do desemprego e da estagnação”.

Os eleitores fizeram a festa no maior comício já realizado na campanha presidencial de Dilma. “Voto na Dilma porque ela vai dar continuidade à gestão do Lula”, justificou a professora Nilza Mena Barreto. “Voto no Zeca porque ele governou super bem, olhou para os funcionários públicos e vê o povo”, contou.

“O Lula via continuar ajudando a Dilma a governar o Brasil”, afirmou outra professora, Deise Maria Garcia, que gostou do comício. “O Zeca tem as melhores propostas para o momento e estão dentro da realidade”, ressaltou Deise.

Já o gerente comercial Gilmar Gonçalves vai votar em Zeca governador porque quer menos impostos no Estado. “Ele fez um bom governo e priorizou o social”, contou o jovem, que também espera a eleição da primeira mulher presidente da República em 3 de outubro.

Para delírio da multidão, Lula contou que vivemos em novo tempo. Os Estados Unidos elegeram o primeiro negro presidente e a Bolívia, o primeiro índio. “Em 3 de outubro, vamos lavar a alma da nação e eleger a primeira mulher presidenta da história deste País”, concluiu o presidente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'