Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

De olho no petróleo, dólar abre o dia em alta

28 Set 2004 - 09h49

O mercado de câmbio doméstico iniciou os negócios desta terça-feira em alta. Às 9h30, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,8750 na compra e R$ 2,8790 na venda, com valorização de 0,20%.

Os investidores iniciam o dia atentos ao comportamento do preço do petróleo nos mercados internacionais.

Conforme o esperado pelo mercado, os preços do barril de ultrapassaram os US$ 50 durante a madrugada de hoje. O barril com entrega para novembro chegou a alcançar os US$ 50,47 e se mantinha em US$ 50,16 nesta manhã.

A alta reflete a preocupação com a retomada das operações no Golfo do México, a instabilidade na Nigéria e as incertezas sobre o abastecimento vindo de grandes produtoras, como Rússia, Arábia Saudita e Iraque.

No mercado doméstico, a ruptura da barreira dos US$ 50 alimenta a expectativa dos analistas em relação a um aumento dos combustíveis.

Pelas mesas de operações, os comentário dão conta de que o reajuste seria anunciado logo após o primeiro turno das eleições. Teme-se que o reajuste pressione os índices de preços.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'