Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 23 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Dagoberto deve ficar livre para o São Paulo na 2ª

4 Abr 2007 - 13h12

O atacante Dagoberto recebeu autorização para rescindir o contrato com o Atlético-PR por meio de depósito em juízo. Os representantes do jogador pegam nesta quarta-feira a carta-fiança emitida pelo banco, mas o tribunal entra em recesso por causa da Semana Santa e volta a trabalhar na segunda-feira, data em que o atleta fará o depósito e ficará livre para acertar com qualquer clube. O mais interessado é o São Paulo.

Na última segunda-feira, a juíza Rosemarie Diedrichs Pimpão, do Tribunal Regional do Trabalho de Curitiba, autorizou o jogador a depositar o valor da multa rescisória de R$ 5,4 milhões e caracterizar rescisão contratual.

Dessa forma, o dinheiro fica parado até que as ações judiciais movidas por clube e jogador recebam uma sentença. O atacante, seus procuradores e advogados tentaram fazer o depósito na terça, mas a carta-fiança só deve ficar pronta nesta quarta.

Os advogados vão entregar nesta quarta uma cópia da carta-fiança ao Atlético-PR e notificar o clube da rescisão. O último treino do jogador, impedido de atuar pelo clube paranaense depois de várias manobras da diretoria, foi na manhã de terça.

"Vamos protocolar no Plantão da Justiça do Trabalho e isso será anexado à decisão quando o Tribunal reabrir, na segunda. E ele estará livre", afirmou Fernando Barrionuevo, advogado de Dagoberto.

O Atlético-PR, mais uma vez, tentará impedir a saída do atacante, cassando a autorização do depósito, mas o tribunal estará em recesso. As várias "palhaçadas", como disse o atacante, são a justificativa para a rescisão em litígio. A última foi o corte do amistoso realizado em Dallas.

A diretoria do São Paulo aguarda a liberação definitiva para contratar o jogador, que já manifestou o desejo de atuar no Morumbi.

Os dirigentes do time tricolor lamentam a impossibilidade de um acordo com o Atlético-PR, que se recusa a negociar com os desafetos. A diretoria do São Paulo garante que ofereceu o valor da multa rescisória, mas os rivais recusaram.

Caso realmente seja contratado, Dagoberto só deve estrear na equipe em maio, no Campeonato Brasileiro e no mata-mata da Copa Libertadores, caso o São Paulo consiga a classificação no Grupo 2.

O técnico Muricy Ramalho espera ansioso, já que não tem um atacante de velocidade no grupo.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção