Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dagoberto deve ficar livre para o São Paulo na 2ª

4 Abr 2007 - 13h12

O atacante Dagoberto recebeu autorização para rescindir o contrato com o Atlético-PR por meio de depósito em juízo. Os representantes do jogador pegam nesta quarta-feira a carta-fiança emitida pelo banco, mas o tribunal entra em recesso por causa da Semana Santa e volta a trabalhar na segunda-feira, data em que o atleta fará o depósito e ficará livre para acertar com qualquer clube. O mais interessado é o São Paulo.

Na última segunda-feira, a juíza Rosemarie Diedrichs Pimpão, do Tribunal Regional do Trabalho de Curitiba, autorizou o jogador a depositar o valor da multa rescisória de R$ 5,4 milhões e caracterizar rescisão contratual.

Dessa forma, o dinheiro fica parado até que as ações judiciais movidas por clube e jogador recebam uma sentença. O atacante, seus procuradores e advogados tentaram fazer o depósito na terça, mas a carta-fiança só deve ficar pronta nesta quarta.

Os advogados vão entregar nesta quarta uma cópia da carta-fiança ao Atlético-PR e notificar o clube da rescisão. O último treino do jogador, impedido de atuar pelo clube paranaense depois de várias manobras da diretoria, foi na manhã de terça.

"Vamos protocolar no Plantão da Justiça do Trabalho e isso será anexado à decisão quando o Tribunal reabrir, na segunda. E ele estará livre", afirmou Fernando Barrionuevo, advogado de Dagoberto.

O Atlético-PR, mais uma vez, tentará impedir a saída do atacante, cassando a autorização do depósito, mas o tribunal estará em recesso. As várias "palhaçadas", como disse o atacante, são a justificativa para a rescisão em litígio. A última foi o corte do amistoso realizado em Dallas.

A diretoria do São Paulo aguarda a liberação definitiva para contratar o jogador, que já manifestou o desejo de atuar no Morumbi.

Os dirigentes do time tricolor lamentam a impossibilidade de um acordo com o Atlético-PR, que se recusa a negociar com os desafetos. A diretoria do São Paulo garante que ofereceu o valor da multa rescisória, mas os rivais recusaram.

Caso realmente seja contratado, Dagoberto só deve estrear na equipe em maio, no Campeonato Brasileiro e no mata-mata da Copa Libertadores, caso o São Paulo consiga a classificação no Grupo 2.

O técnico Muricy Ramalho espera ansioso, já que não tem um atacante de velocidade no grupo.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo