Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 16 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Custo da energia provoca demissão e redução na produção

5 Jun 2007 - 04h11
 
A Fiems (Federação das Industrias do Estado de Mato Grosso do Sul) fez previsões pessimistas para o setor industrial no Estado por causa do alto valor da energia elétrica cobrado pela Enersul. Segundo o presidente da Federação, Sérgio Longen, as empresas preparam-se para reduzir a produção e fazer demissões em massa. Os mais atingidos serão frigoríficos, indústrias de alimentos e massas e, principalmente, laticínios. "A enersul está impedindo o desenvolvimento do Estado”, disse Longen.

Segundo Longen, os reajustes chegaram a 28,74% nos últimos meses. Em abril, quando o aumento deveria ser de 2,58%, o aplicado, segundo a Fiems, foi de 8,96%. O procedimento se repetiu em maio, quando o reajuste foi de 18,2%.

Para chegar a esses valores, a Fiems levou em conta que o preço do kWh passou de R$ 0,16516 para R$ 0,212667 entre abril e maio. Na tentativa de barrar o que considera um reajuste abusivo, a federação entrou com duas ações - uma na Justiça Estadual e outra na Justiça Federal – pedindo que sejam apurados os percentuais reais da cobrança feita pela Enersul.

CPI da Enersul

O presidente da Fiems disse hoje, durante entrevista coletiva, que se a CPI da Enersul conseguir demonstrar como é a forma de cálculo usada pela concessionária de energia nas contas, já será uma vitória. Segundo ele, isso vai permitir saber quais são os valores reais cobrados pela empresa.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal