SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
1 de Dezembro de 2004 15h46

Custo da cesta básica cai em 14 capitais em novembro

O custo da cesta básica teve redução em 14 capitais em novembro, segundo pesquisa mensal do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), junto a 16 capitais.

Os preços dos produtos da cesta básica registraram pequena elevação em Goiânia, 0,11% e Belém, 0,15%.

As quedas ocorreram em Belo Horizonte (-7,57%, a R$ 155,99); João Pessoa (-5,84%, a R$ 128,14); Florianópolis (-4,75%, a R$ 157,45); Porto Alegre (-4,70%, a R$ 171,37); Natal (-3,74%, a R$ 127,78); São Paulo (-3,43%, a R$ 171,06); Brasília (-3,18%, a R$ 163,84); Curitiba (-2,94%, a R$ 158,13); Vitória (-2,26%, a R$ 148,41); Fortaleza (-2,14%, a R$ 124,68); Aracaju (-1,95%, a R$ 128,92); Rio de Janeiro (-1,81%, a R$ 164,18); Recife (-1,78%, a R$ 121,61); Salvador (-1,47%, a R$ 123,65).

Trabalhador cumpre número menor de horas

O trabalhador remunerado pelo salário mínimo precisou cumprir uma jornada de 123 horas e 51 minutos em novembro para adquirir o conjunto de gêneros essenciais para a composição da cesta básica, de acordo com a pesquisa nacional da cesta básica realizada mensalmente pelo Dieese.

O levantamento é realizado em 16 capitais. No mês anterior, o tempo de trabalho necessário era de 127 horas e 45 minutos.

O mesmo raciocínio pode ser feito levando-se em consideração o valor do salário mínimo líquido - depois de descontada a parcela equivalente à previdência.

Neste caso, na média das dezesseis capitais, 60,96% do salário líquido foi comprometido em novembro, com a compra dos gêneros essenciais.

 

Invertia

Comentários
Veja Também
HERBALIFE_300
FORTALEZA
MBO_SEGURANÇA_300
Últimas Notícias
  
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.