Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cultura é uma das grande marcas do Governo Popular, diz Zeca

13 Jul 2004 - 15h49
O governador Zeca do PT afirmou que uma das maiores marcas do Governo Popular em cinco anos e meio de administração é o setor de cultura, que tem hoje grande visibilidade com ações como a restauração de prédios históricos, os festivais de repercussão nacional e internacional (Festival de Inverno de Bonito e Festival América do Sul), além do calendário cultural, que resgata festas como a do Banho de São João em Corumbá.

“São esse eventos que dão visibilidade para o Estado e promovem a mudança que desejamos na cultura sul-mato-grossense”, avaliou o governador, durante reunião com a equipe da Secretaria de Cultura. Segundo o secretário de Cultura, Silvio Nucci, o governador é o grande incentivador e patrocinador da cultura em Mato Grosso do Sul, que hoje é modelo de gestão para todo o País. “O que o governo federal está fazendo a partir de agora já é feito no Estado há vários anos. Temos iniciativas que foram inéditas e são exemplos no Brasil como a criação do Fórum Estadual de Cultura, Fundo de Investimento e Leis da Cultura”, enumerou.

Os principais assuntos durante a reunião foram a realização do festival de Inverno de Bonito, que tem início no próximo sábado 17 e o Festival América do Sul, que será feito em Corumbá em setembro. A 5ª edição do Festival de Bonito está sendo considerada a melhor desde a criação do evento e esse ano está mais voltada à arte regional, com 60% das apresentações de Mato Grosso do Sul, com expectativa de atração de 50 mil visitantes, segundo informou Sílvio Nucci. “Em cinco anos de Festival de Bonito, o Governo Popular já investiu cerca de R$ 80 milhões, o que proporciona cada vez mais qualidade ao evento”, afirmou o secretário de Cultura.

Sìlvio Nucci relatou ao governador a realização do Fórum de Secretários de Cultura do Brasil que ocorre a partir do dia 22-07 durante o Festival de Bonito. Outro assunto que empolgou Zeca do PT foi a preparação para o Festival América do Sul, que ocorre entre os dias 17 e 24 de setembro em Corumbá. O secretário de Cultura explicou que a comunidade local está sendo envolvida no evento, que vai trazer grandes artistas sul-americanos de várias áreas culturais. “O festival ajuda na união da América do Sul, e é esse o grande foco do festival”, disse Silvio Nucci.

Além de Nucci, participaram da reunião com Zeca do PT o diretor-presidente da Fundação de Cultura, Pedro Ortale, o diretor-presidente da Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa (Fertel), jornalista Bosco Martins, e técnicos da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMINHONEIROS MANTÉM BLOQUEIOS
Mesmo após acordo, caminhoneiros se mobilizam pelo 5º dia em vários estados
FÁTIMA DO SUL - GASOLINA ACABANDO
Filas enormes se formam no único posto que tem gasolina e vai atender a noite toda em Fátima do Sul
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Governo e caminhoneiros chegam a acordo para trégua de 15 dias
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Fotógrafo registra de cima, produtores e apoiadores aos caminhoneiros em Fátima do Sul
GREVE DOS CAMINHONEIROS
'Governo Federal está jogando para os estados problema da greve dos caminhoneiros', diz Reinaldo
CRUELDADE
Pastor abusou, agrediu e matou filho e enteado carbonizados
DO CONTRA
Homem enfrenta caminhoneiros com motosserra em rodovia; veja o vídeo
GREVE CAMINHONEIROS
Posto do Pina que cobrou R$ 8,99 pelo litro da gasolina é interditado
DEODÁPOLIS - PONTOS FECHADOS
Em Deodápolis, acessos a Presidente Castelo (MS 145) e Dourados (MS 276) estão bloqueados
NOVELA GLOBAL
“Segundo Sol”: Roberval dá golpe em Laureta e rouba joias