Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cuca lamenta a suspensão de Cicinho

7 Jul 2004 - 13h53

A vitória contra o Atlético-MG, 1 a 0, nesta terça-feira, no Morumbi, trouxe além dos três pontos, um desfalque importante para o São Paulo.

Cicinho, o principal jogador do time tricolor nas últimas partidas, não joga contra o Santos, no próximo sábado, porque foi expulso contra os mineiros.

"Foi infantil, não pode acontecer. Mas houve uma falta nele antes, brusca, o estádio inteiro viu e o juiz não deu, o que não justifica a expulsão, claro", lamentou Cuca, que tem como opção o lateral Gabriel, que deve jogar na Vila Belmiro.

Mas o técnico são-paulino ainda tem outros problemas para resolver. Diego Tardelli foi julgado pelo STJD e pegou três jogos de suspensão, Alexandre tomou o terceiro cartão amarelo e também está fora do jogo contra o Santos, Rodrigo está com o braço quebrado, Jean Carlos não pode jogar por causa de uma liminar na Justiça, e Luís Fabiano está na Seleção Brasileira.

Além disso, os reforços Rondón e César Sampaio não podem estrear. O venezuelano está com a Seleção na Copa América, e Sampaio não deve ter a documentação regularizada até sábado.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat