Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 20 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cuca lamenta a suspensão de Cicinho

7 Jul 2004 - 13h53

A vitória contra o Atlético-MG, 1 a 0, nesta terça-feira, no Morumbi, trouxe além dos três pontos, um desfalque importante para o São Paulo.

Cicinho, o principal jogador do time tricolor nas últimas partidas, não joga contra o Santos, no próximo sábado, porque foi expulso contra os mineiros.

"Foi infantil, não pode acontecer. Mas houve uma falta nele antes, brusca, o estádio inteiro viu e o juiz não deu, o que não justifica a expulsão, claro", lamentou Cuca, que tem como opção o lateral Gabriel, que deve jogar na Vila Belmiro.

Mas o técnico são-paulino ainda tem outros problemas para resolver. Diego Tardelli foi julgado pelo STJD e pegou três jogos de suspensão, Alexandre tomou o terceiro cartão amarelo e também está fora do jogo contra o Santos, Rodrigo está com o braço quebrado, Jean Carlos não pode jogar por causa de uma liminar na Justiça, e Luís Fabiano está na Seleção Brasileira.

Além disso, os reforços Rondón e César Sampaio não podem estrear. O venezuelano está com a Seleção na Copa América, e Sampaio não deve ter a documentação regularizada até sábado.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato