Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
terça, 19 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Crime está organizado; poder público não, diz juiz

1 Set 2004 - 17h26
A criação de uma força tarefa com os poderes estaduais e federais seria a única maneira de combater o crime organizado no Brasil, declara o juiz federal, Odilon de Oliveira, responsável por várias condenações de traficantes em Mato Grosso do Sul.
Para o magistrado, os poderes precisam se unir e se organizar, assim como o crime já vem fazendo. A ressalva de Odilon é que a falta de entrosamento e desorganização nas esferas do poder público podem fazer com que a força tarefa não entre em ação efetiva.
“O crime é organizado e, para diminuir a ação no País, seria preciso a organização do poderes”, analisa o juiz.
Conforme Odilon, em Mato Grosso do Sul, a sonegação fiscal e a lavagem e dinheiro, por exemplo, são crimes comuns devido à facilidade encontrada pelos criminosos em pratica-los. No Estado, o volume de sonegação maior está em empresas frigoríficas e aquelas que atuam na cadeia produtiva de grãos. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo