Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Criação de emprego formal até agosto é a maior desde 92

20 Set 2004 - 16h17
O mercado de trabalho criou 1,466 milhão de empregos com carteira assinada de janeiro a agosto deste ano. Foi o maior volume de vagas formais já geradas para o período desde 1992, quando a pesquisa do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) começou a ser feita.

Desse total, 229.757 postos de trabalho foram abertos em agosto, o que elevou em 0,94% o estoque de assalariados com carteira assinada. Esse volume de contratações também foi recorde para o mês de agosto. Nos últimos 12 meses foram geradas 1,433 milhão de vagas formais.

Segundo o Ministério do Trabalho, o desempenho do mercado de trabalho em agosto foi beneficiado pela expansão de todos os grandes setores de atividade econômica.

O maior crescimento foi registrado no setor de serviços, com a abertura de 74.040 vagas no mês passado, seguida pela indústria de transformação, com 72.168 postos de trabalho. O comércio gerou 50.478 empregos com carteira assinada.

Entre os ramos dos setores de atividade, destacaram-se o comércio varejista, com 41.389 postos de trabalho e indústria de alimentos e bebidas, com 24.917 vagas formais.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade
100 TETO
Na busca por emprego, homem 'mora' em abrigo de papelão
PÂNICO NO ÔNIBUS
Atirador de Elite mata homem que fez reféns em ônibus
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
TRAGEDIA NA RODOVIA
Três pessoas morrem em acidente envolvendo carro e caminhão na BR-277
FATALIDADE
Jovem mulher morre ao levar choque usando o secador de cabelos
ABSURDO - BRASIL
Mulher mata o marido a facadas e leva pênis para a amante dentro de um copo
MORTE E COMOÇÃO
Jovem caminhoneira morre em acidente e comove colegas de toda a região
FACULDADE
Irmãs estudantes de engenharia vendem doces nos trens do Rio para se sustentar