Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Crescem exportações de celulose em Mato Grosso do Sul

26 Out 2010 - 05h29Por Notícias MS

 

De acordo com estatísticas do Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior (MDIC), o setor de papel e celulose teve um dos melhores desempenhos entre os produtos que saem do Estado, puxado pela expressiva venda externa da pasta de celulose que figura a terceira colocação no ranking dos mais exportados por Mato Grosso do Sul.

 

De acordo com o balanço do MDIC, a soja se mantém em primeiro lugar, representando 22,57% dos principais produtos vendidos. Entre janeiro e setembro deste ano Mato Grosso do Sul arrecadou cerca de US$ 501 milhões com a venda da commodity. Em segundo lugar estão as carnes bovinas desossadas, responsáveis por 13,74% do montante exportado. E na terceira colocação, a pasta de celulose. O produto rendeu a Mato Grosso do Sul mais de US$ 267,8 milhões ante a US$ 137,8 milhões no mesmo período (jan-set) do ano anterior. Em setembro, as vendas tiveram aumento de 94,3%. Originado através das fibras naturais retiradas de diferentes espécies de árvores, a pasta é a matéria-prima para fabricação do papel.

 

Dentre os mais importados pelo Estado entre janeiro e setembro deste ano está o gás natural, correspondendo a 63% de participação no volume total. Em seguida estão os cátodos de cobre refinados, com 8,13% e fio texturizado de poliésteres, com 2,02%.

 

Balança comercial

 

A balança comercial do Estado registrou saldo negativo no ano de 2009. Nos dozes meses, as vendas externas alcançaram US$ 1.937 milhão enquanto que as compras consumiram US$ 2.690 milhões. Com esta movimentação, o saldo da balança comercial foi de 26,95% negativos.

 

Em 2010, até o último mês de setembro, o Estado contabiliza US$ 2.219.035 em exportações, mas apesar do crescimento ainda importa mais do que vende.

 

Sivicultura em crescimento

 

Nos últimos cinco anos, o número de hectares de florestas plantadas para fins industriais em Mato Grosso do Sul dobrou, aumentando de 150 mil para 360 mil. O Estado possui a sétima maior área plantada do País.

 

Como forma de fortalecer o reflorestamento, em 2009 foi implantado o Plano Estadual para o Desenvolvimento Sustentável de Florestas Plantadas que prevê que até 2030 seja atingido o plantio de florestas de produção em área de 1 milhão de hectares.

 

Durante abertura solene do 2º Congresso Florestal de Mato Grosso do Sul, ocorrido no último mês de junho, o governador André Puccinelli afirmou que o Estado deverá se tornar o maior polo florestal do Brasil. "Nossa meta é chegar a dois milhões de hectares plantados em dez anos", disse na ocasião.

 

Durante o evento, Puccinelli palestrou sobre a Aposta do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no setor de Sivicultura. “O plantio de florestas assume uma importância ambiental, econômica e política significativa no Estado. Estamos investindo de forma intensiva no plantio de florestas. Precisamos de florestas plantadas para produzir carvão vegetal e preservar as florestas nativas. A meta de dois milhões de hectares de florestas plantadas em solo degradado atenderá a demanda das siderúrgicas, fábricas de celulose e também das madeireiras", completou o governador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito