Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Coxim: Militares tentam controlar incêndio próximo ao Exército

29 Jul 2010 - 10h30Por Edição de Notícias
ários militares trabalham para controlar incêndio numa área próxima ao do 47º Batalhão de Infantaria, em Coxim. Com abafadores, cerca de 50 militares tentam impedir que o fogo se alastre e continue atingindo a área do Exército, que já teve três mil metros quadrados queimados.

No total, cerca de 20 mil metros quadrados já haviam sido consumidos pelo fogo, até as 20 horas desta quarta-feira (28). Ninguém sabe a causa do incêndio, que começou numa área que pertence ao município.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas está apenas dando apoio aos militares. Segundo informações, os bombeiros estão trabalhando com efetivo reduzido.

A única equipe de plantão, com três bombeiros, tem priorizado outros atendimentos, como acidentes.

O 5º Sub-Grupamento dos Bombeiros, que atende toda a região norte, conta 22 homens, quando o ideal seria 60, de acordo com dados apresentados recentemente pelo comandante, capitão Wagner Antônio Batista Dupin.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça