Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Correios recolheram R$ 33 mil em notas falsas em 2006

26 Abr 2007 - 17h25
 

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) está participando da campanha do Banco Central para disseminação de conhecimentos sobre elementos de segurança das cédulas de dinheiro em Real. As agências de Correios estão expondo cartazes e outras peças de propaganda, além de promover a distribuição de folhetos, para orientar os clientes sobre como reconhecer dinheiro falsificado. Para isso, dez turmas de 171 representantes dos Correios participaram de um treinamento ministrado pelo Banco Central. Eles atuam agora como multiplicadores aos empregados responsáveis pelo recebimento e manuseio do dinheiro nas agências da empresa.

Nas agências dos Correios em todo o País foi identificado, no ano passado, o valor de R$ 33.629,50 de dinheiro falso, que posteriormente foi encaminhado ao Banco Central para verificação. De acordo com o diretor regional dos Correios, João Rocha, nas agências da ECT de Mato Grosso do Sul foram recolhidas em 2006 apenas R$ 200,00 em notas falsas. "Apesar de ser um valor pequeno, é preciso um trabalho constante para identificar e impedir a circulação de notas falsas. Essa tem sido uma preocupação constante da empresa em nível nacional".

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa