Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 23 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Correios recolheram R$ 33 mil em notas falsas em 2006

26 Abr 2007 - 17h25
 

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) está participando da campanha do Banco Central para disseminação de conhecimentos sobre elementos de segurança das cédulas de dinheiro em Real. As agências de Correios estão expondo cartazes e outras peças de propaganda, além de promover a distribuição de folhetos, para orientar os clientes sobre como reconhecer dinheiro falsificado. Para isso, dez turmas de 171 representantes dos Correios participaram de um treinamento ministrado pelo Banco Central. Eles atuam agora como multiplicadores aos empregados responsáveis pelo recebimento e manuseio do dinheiro nas agências da empresa.

Nas agências dos Correios em todo o País foi identificado, no ano passado, o valor de R$ 33.629,50 de dinheiro falso, que posteriormente foi encaminhado ao Banco Central para verificação. De acordo com o diretor regional dos Correios, João Rocha, nas agências da ECT de Mato Grosso do Sul foram recolhidas em 2006 apenas R$ 200,00 em notas falsas. "Apesar de ser um valor pequeno, é preciso um trabalho constante para identificar e impedir a circulação de notas falsas. Essa tem sido uma preocupação constante da empresa em nível nacional".

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIENCIA
A estranha imagem 'que se move' e intriga a internet
DOURADOS - UNIPAR EAD
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
ASSALTO A ONIBUS
Bandidos fortemente armados roubam três ônibus de turismo na BR-116
ACIDENTE FATAL
Mulher morre após colidir e capotar carro; veja vídeo
EMBRIAGADO
Condutor bêbado atropela duas crianças na calçada; menina de 7 anos morreu
NOVELA GLOBAL
'Minha mãe me usou, me prostituiu', lamenta Karola em 'Segundo sol'
SERÁ?
Bolsonora se assume candidato a ditador e oferece aos opositores a cadeia ou o exílio
DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos