Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Correios recolheram R$ 33 mil em notas falsas em 2006

26 Abr 2007 - 17h25
 

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) está participando da campanha do Banco Central para disseminação de conhecimentos sobre elementos de segurança das cédulas de dinheiro em Real. As agências de Correios estão expondo cartazes e outras peças de propaganda, além de promover a distribuição de folhetos, para orientar os clientes sobre como reconhecer dinheiro falsificado. Para isso, dez turmas de 171 representantes dos Correios participaram de um treinamento ministrado pelo Banco Central. Eles atuam agora como multiplicadores aos empregados responsáveis pelo recebimento e manuseio do dinheiro nas agências da empresa.

Nas agências dos Correios em todo o País foi identificado, no ano passado, o valor de R$ 33.629,50 de dinheiro falso, que posteriormente foi encaminhado ao Banco Central para verificação. De acordo com o diretor regional dos Correios, João Rocha, nas agências da ECT de Mato Grosso do Sul foram recolhidas em 2006 apenas R$ 200,00 em notas falsas. "Apesar de ser um valor pequeno, é preciso um trabalho constante para identificar e impedir a circulação de notas falsas. Essa tem sido uma preocupação constante da empresa em nível nacional".

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA BRASILEIRA
O que se pode esperar da economia brasileira no futuro?
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Jô e Régis viajam pelo Brasil como missionários
ACIDENTE DO GUGU
Filho de Gugu é amparado na porta de hospital e mulher do apresentador passa mal, diz TV
ARTILHARIA
'Minha vida virou um inferno depois da eleição de Witzel', diz Bolsonaro
NA LUTA PELA VIDA
Assessoria nega morte e diz que Gugu está na UTI
ENTÃO!!!
Galvão Bueno teria provado 'Viagra Natural' horas antes de passar mal
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Como cuidar da pele no verão?, O Boticário te ajuda, confira
POLITICA NOVA
Candidatos de novo partido podem ficar de fora das eleições
DOENÇA TERRIVEL
Zé Felipe, filho de Leonardo, gasta R$9 mil a cada medicação para doença incurável
MORTE E COMOÇÃO
Mãe de ator Caio Junquera morre dez meses após adeus ao filho