Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Correios podem parar a partir de quinta-feira

30 Ago 2004 - 13h12
Em assembléia geral realizada na última terça, dia 24, os trabalhadores dos Correios de Mato Grosso do Sul decidiram entrar em estado de greve.

O indicativo de paralisação está marcado para o dia dois de setembro, caso a empresa não atenda as reivindicações salariais da categoria. Em todo o Brasil, os sindicatos estão realizando assembléias depois que a direção da ECT fez uma proposta para os trabalhadores.

Enquanto os trabalhadores conseguiram em encontro nacional um reajuste de 77,22%, a contra-proposta da empresa é de apenas 6,81%. Segundo a categoria, este valor não cobre os mais de 61% de perdas salariais acumuladas entre o período 1º agosto de 1994 a 31 de julho de 2003, que somados a 10% de aumento real, totaliza os 77,22% reivindicados.

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares (Sintect-MS), Sebastião Xavier, os Correios carregam o título de uma das empresas de maior confiabilidade entre os brasileiros. “Nada mais justo que os trabalhadores que produzem e dão lucro à empresa sejam reconhecidos”, afirmou Xavier.

Em todo o Estado são mais de 1,3 mil trabalhadores. E, somente em Campo Grande, são entregues cerca de 100 mil objetos todos os dias.
 
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro
PROCURA-SE
Adolescente desaparece e família recebe ligação misteriosa
TRAGÉDIA
Jovens irmãos morrem em grave acidente; caminhonete chegou a se partir ao meio
FAMOSIDADES
Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex mulher
MAIS UM ACIDENTE FATAL
Vítimas de acidente na tarde de ontem, domingo eram pai e filha
FINANCIMENTO OU EMPRÉSTIMO
Entenda como fazer um financiamento ou empréstimo pessoal
ELEIÇÕES 2018 - NO HOSPITAL
"Haddad eleito daria indulto a Lula", diz Bolsonaro