Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Corregedoria inicia análise dos vídeos e vai ouvir Rigo

29 Set 2010 - 12h10Por Campo Grande News

O corregedor geral da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Maurício Picarelli (PMDB), já recebeu cópia dos vídeos postados no Youtube, em que o primeiro-secretário da Casa, deputado Ary Rigo (PSDB), conversa com o ex-secretário de Governo de Dourados, Eleandro Passaia, e revela indícios de corrupção.

A assessoria da Corregedoria está transcrevendo o diálogo entre Rigo e Passaia na íntegra, para que o corregedor analise o conteúdo e possa confrontar as informações com a nota de esclarecimento divulgada pelo parlamentar.

Só então Rigo será intimado a dar explicações sobre o assunto e terá cinco dias de prazo para este procedimento.

Depois de ouvir o deputado e confrontar as informações, Picarelli vai elaborar um relatório, que será analisado por uma comissão de ética. Este grupo vai julgar se houve ou não quebra de decoro por parte do parlamentar acusado.

A decisão vai a plenário e a pena máxima para Rigo, conforme o resultado da votação, é a cassação do mandato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'