Menu
SADER_FULL
sábado, 17 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Corpo sem cabeça, braços e pernas é do 3º suspeito de matar o delegado em Campo Grande

11 Set 2013 - 09h20Por Campo Grande News

O corpo encontrado sem cabeça, braços e pernas nas proximidades do lixão, há 22 dias, é de Rafael Leonardo dos Santos, 29 anos, o terceiro suspeito de participar da execução do delegado Paulo Magalhães, no dia 25 de junho deste ano, em Campo Grande. A confirmação ocorreu com a realização do DNA, sendo que o material genético da mãe do jovem confirmou o resultado. 

“Ainda não estou com o laudo em mãos, mas soube de maneira extraoficial que o resultado apontou como sendo o corpo do Rafael. Dessa maneira, o inquérito policial foi encaminhado ontem (10) para a DEH (Delegacia Especializada em Repressão a Homicídios), onde já ocorre a investigação da morte do delegado”, afirma o delegado Cláudio Martins.

Anterior ao exame, o delegado conta que peritos tentaram realizar a identificação de outras maneiras, porém o estado em que foi encontrado o corpo, até com sinais de tortura e queimadura, impediu qualquer identificação. “Com a proporção que o fogo atingiu o corpo, nem mesmo as tatuagens que tínhamos conhecimento no Rafael poderiam ser reconhecidas”, comenta o delegado Martins.

Na semana passada, além de Rafael, que foi apontado pela Polícia como foragido, o guarda municipal José Moreira Freires, o Zezinho, 40 anos, e Antônio Benitez Cristaldo, 37 anos, foram identificados como pistoleiro e comparsa na fuga, sendo indiciados pelo homicídio qualificado por emboscada, uso de arma de fogo e motivo fútil.

Rafael, que foi executado, pode estar envolvido na morte de delegado aposentado (Foto: Marcos Ermínio)Rafael, que foi executado, pode estar envolvido na morte de delegado aposentado (Foto: Marcos Ermínio)

Desde o início das investigações, de acordo com o delegado Alberto Vieira Rossi, do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), denúncias anônimas apontavam para o trio, porém a Polícia ainda contou com a quebra de sigilo telefônico, bancário e a identificação da moto para chegar até os responsáveis pelo crime.

O assassinato de Rafael, com requintes de crueldade, teve o objetivo de dificultar a identificação. Além disso, a execução pode ter o objetivo de queimar de arquivo. 

Nova fase - Com a prisão, a Polícia entra agora em uma 2ª fase da investigação, na intenção de descobrir a “possível recompensa dos envolvidos, bem como o que eles fizeram com o dinheiro ilícito e quem seria o mandante do crime.” O inquérito continua sendo investigado sob Segredo de Justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIAMESAS
Mulher dá à luz gêmeas siamesas de 3,700KG as duas
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
NOVELA GLOBAL
Camilo descobre segredo de Chiclete e Vivi em 'A dona do pedaço'
LIBERADO
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
ALUCIENÓGENO
Video: Vovó fica doidona ao provar acidentalmente maconha do neto
TARADO AGIU NA IGREJA
Homem é preso após abusar de criança de 4 anos dentro de igreja
CRUELDADE
Adolescente que estava desaparecido foi brutalmente assassinado e queimado
TRAGÉDIA ABSURDA
Homem mata mulher e filha de 11 anos e se mata por não aceitar fim da relacionamento