Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Coronel Ivan reúne-se com Jerson, Ary Rigo e Londres Machado

19 Jun 2007 - 09h36

O deputado estadual Coronel Ivan (PSB) está reunido neste momento com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), com o primeiro-secretário da Casa de Leis, deputado estadual Ary Rigo (PDT), e com o deputado estadual Londres Machado (PR) para, provavelmente, definir como será feita a defesa em plenário a respeito da acusação pela Polícia Federal de ser um dos líderes da máfia dos caça-níqueis no Estado. Dezenas de policiais militares estão presentes no plenário da Assembléia Legislativa para dar apoio moral ao Coronel Ivan que deve fazer hoje a defesa prévia.

Na quinta-feira passada tinha vencido o prazo dado pela Corregedoria da Assembléia Legislativa para que o Coronel Ivan prestasse esclarecimentos sobre as denúncias, entretanto, o corregedor da Casa de Leis, deputado estadual Maurício Picarelli (PMDB), já tinha informado que o parlamentar poderia pedir prorrogação da data. Picarelli também já tinha dito que, após a apresentação, a defesa será analisada e encaminhada à Mesa Diretora da Casa que poderá decidir sobre a formação ou não de uma comissão de ética, encarregada de julgar se houve quebra de decoro parlamentar.

Em caso de ter quebrado o decoro, as penalidades às quais o deputado está sujeito vão desde a censura verbal até a cassação do mandato. Em nota oficial divulgada na semana passada, o Coronel Ivan afirmou ser inocente e justificou que os trechos dos diálogos atribuídos a ele foram "pinçados em contexto diverso daquele que se pretende fazer crer" e que não podem "servir de prova suficiente para a execração pública de quem sequer foi oficialmente comunicado para prestar esclarecimentos a quem de direito".

Também na semana passada a Direção Nacional do PSB encaminhou à Comissão de Ética do partido a ordem de instaurar imediatamente um processo disciplinar para apurar – com rigor – a responsabilidade do deputado com as denúncias investigadas pela Polícia Federal na Operação Xeque-Mate. Ao mesmo tempo, a Direção Nacional acompanha de perto as investigações conduzidas pelas autoridades policiais e recolhe todas as informações necessárias ao completo esclarecimento dos fatos e à adoção das providências previstas em seu estatuto. Na nota divulgada no site do partido, a Direção Nacional destaca que o deputado é recém-filiado ao PSB.

 

 

Mìdia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos