SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 15 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
2 de Setembro de 2004 07h42

Coritiba acaba com hegemonia do São Paulo em casa

O São Paulo perdeu por 3 a 2 para o Coritiba nesta quarta-feira à noite, no Morumbi, e deu adeus à invencibilidade que tinha em casa neste Campeonato Brasileiro. O time de Cuca segue em sétimo na competição, com 45 pontos, e conta com a sorte de não poder ser passado nesta rodada por seus rivais. Mas após conseguir apenas um ponto em três jogos, ficou longe de brigar pela liderança, como fez durante a maior parte da competição.

Em compensação, o time paranaense subiu para 41 pontos e volta a sonhar alto. Depois de um bom começo, o Coritiba oscilou bastante na tabela.

O jogo

  • Logo no primeiro minuto do jogo, Tesser fez boa jogada pela direita, foi à linha de fundo e cruzou na área para Aristizábal, livre de marcação, abrir o placar. O time da casa não se abalou com o gol sofrido e quatro minutos depois empatou, depois que Diego Tardelli errou o domínio na área do time paranaense e a bola sobrou para Danilo chutar forte, sem defesa para Fernando.

    O São Paulo era melhor, dominando o meio de campo e tendo mais posse de bola, porém, aos 15 minutos, em um contra-ataque, Adriano avançou pela esquerda e foi derrubado na área por Cicinho. Tuta bateu o pênalti com categoria e marcou o segundo gol do Coritiba na partida.

    O São Paulo se desestabilizou e, desorganizado e nervoso, não conseguia levar perigo ao gol de Fernando. Em contrapartida, o time paranaense, que jogava bem fechado na defesa, contra-atacava com velocidade e chegava com perigo ao ataque.

    Aos 33, Tesser, que era sempre uma boa opção ofensiva para o Coritiba, avançou pela direita e cruzou na área para Aristizábal, que se antecipou a Fabão e cabeceou forte, levando perigo ao gol defendido por Rogério Ceni.

    Mesmo sem inspiração, o São Paulo insistia na base da vontade, mas tinha dificuldade de furar o bloqueio armado pelo time paranaense. Aos 38, no entanto, Gabriel, que tinha acabado de entrar no lugar de Fábio Santos, fez boa jogada pela esquerda e tocou Cicinho na área. O lateral, com consciência, chutou na saída do goleiro Fernando, mas Adriano conseguiu afastar a bola antes de entrar, salvando gol certo do time paulista.

    Aos 41 minutos, Roberto Brum recebeu bom passe de Tuta entre os zagueiros, avançou com a bola dominada pelo meio e, com categoria, encobriu Rogério Ceni para marcar um golaço.

    No intervalo, buscando reorganizar o São Paulo, o técnico Cuca tirou Diego Tardelli e Souza para a entrada de Lino e Rondon. Mesmo com as mudanças, o time paulista continuou jogando muito mal, errando muitos passes e irritando sua torcida.

    Aos 16, Cicinho cruzou na área, César Sampaio cabeceou, mas Fernando conseguiu espalmar a bola para escanteio. Três minutos depois, Rondon recebeu ótimo passe, chutou de primeira e obrigou Fernando a fazer outra difícil defesa.

    A situação ficou mais difícil para o time paulista aos 33 minutos, quando Grafite, depois de reclamar muito com o árbitro, foi expulso de campo.

    Mesmo com um homem a menos o São Paulo continuou lutando. Aos 37, Rondon, que entrou bem, foi derrubado na área. No entanto, Rogério Ceni cobrou o pênalti com displicência e o goleiro Fernando defendeu. Um minuto depois, Cicinho cruzou da esquerda e César Sampaio desviou para o gol e diminuiu. Mas o empate ficou no sonho.

  •  

    Terra Redação

    Comentários
    Veja Também
    FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
    SADER_LATERAL
    LIMIT ACADEMIA_BOTTON
    Últimas Notícias
      
    FÁBRICA_CALÇADOS
    Eventos
    dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.