Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Corintiano marca e frustra a festa da Venezuela

27 Jun 2007 - 07h43

Com um gol no final do atacante Arce, que atua no Corinthians, a Bolívia arrancou empate da Venezuela, por 2 a 2, e frustrou a torcida local que lotou o Estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal. Com o resultado, os venezuelanos seguem com o tabu de 40 anos sem vencer na Copa América. A última vitória foi exatamente contra a Bolívia, por 3 a 0, em 1967.

Com o resultado, as duas equipes dividem a vice-liderança do Grupo A da competição, com um ponto. A chave é liderada pelo Peru, que na abertura do torneio derrotou o Uruguai, por 3 a 0.

Antes da partida, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, o presidente da Bolívia, Evo Morales, e o craque argentino Diego Maradona participaram da cerimônia de abertura e deram o chute inicial.

O time da Bolívia começou assustando a equipe da casa. Aos 5min, Moreno arriscou o primeiro chute, de fora da área, e a bola passou à direita do gol de Vega.

A Venezuela nem sentiu tanto o lance e já respondeu dois minutos mais tarde. Ornelas recebeu a bola e bateu cruzado de fora da área, com grande perigo.

O jogo seguia de maneira eletrizante, com as duas equipes bastante ofensivas. Aos 13min, Mojica pegou sobra da entrada da área e mandou com perigo contra o gol de Vega.

Os venezuelanos acabaram abrindo o placar aos 20min. Após saída errada da Bolívia, Maldonado recebeu na área e bateu cruzado para abrir o marcador e estremecer a torcida em San Cristóbal.

O time da casa quase ampliou o placar aos 24min. Após cruzamento da direita, Maldonado tentou deslocar o goleiro de cabeça, mas a bola foi para fora.

Quando a Venezuela estava melhor no jogo veio o empate boliviano. Aos 38min, Moreno cortou dois marcadores e bateu cruzado. A bola desviou na zaga e entrou.

O gol animou os bolivianos, que tiveram chance de virar o marcador no minuto seguinte. Mojica se apresentou mais uma vez ao ataque e bateu rasteiro. A bola passou à direita do gol.

No segundo tempo, os venezuelanos voltaram melhor e pressionaram os bolivianos. Aos 5min, Ornelas recebeu boa abertura na direita e tentou o cruzamento para o meio da área. Galarza se esticou e fez a defesa antes da chegada de Maldonado.

Os donos da casa acabaram conseguindo ficar na frente do placar aos 10min. Falha na saída da defesa da Bolívia. Páez recebeu na linha dos zagueiros e tocou por cima do goleiro.

Porém, a festa dos venezuelanos foi estragada no final da partida. Aos 38min, Cabrera fez jogada pela ponta direita e cruzou na primeira trave. O atacante Arce desviou com um leve toque e igualou o marcador.

Na próxima rodada, os venezuelanos tentam a primeira vitória na competição contra o Peru. Já a seleção da Bolívia encara o lanterna Uruguai.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

OS MAIS BEM PAGOS
Conheça os atletas mais bem pagos da temporada
SAIR DO SUFOCO
Empréstimo pessoal com garantia facilita quitação de dívidas
E AÍ QUAL DAS DUAS OPÇÃO - VEJA
Contratar uma agência de marketing ou investir em uma equipe interna?
COVARDIA
Pai é preso acusado de agredir o filho de apenas cinco meses
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': León destrói rosto de Valentina e ela descobre o segredo da fonte
TERRORISMO
Bolsonaro sofre ameaças de morte em vídeos na internet
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele