Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Corinthians vence e sai da zona de rebaixamento

8 Jul 2004 - 08h14
Depois de seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, o Corinthians conseguiu. Venceu o Coritiba, por 2 a 1, de virada, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, e deixou a zona de rebaixamento. A última vez que o time havia vencido tinha sido contra o Guarani, por 1 a 0, no dia 16 de maio.

Esta foi também a primeira vitória do técnico Tite no comando da equipe. Até então, ele havia visto o time o time empatar três vezes e perder duas.

O Corinthians saiu atrás após um belo gol do atacante Alemão, do Coritiba, logo no início do primeiro tempo. Nos primeiros minutos da segunda etapa, no entanto, Rogério e Gil marcaram os gols da primeira vitória da equipe paulistana.

"O significado dessa vitória é muito maior que a classificação. Precisávamos muito disso, estávamos decepcionando os torcedores. Agora teremos dois jogos em casa, muito importantes [contra Paraná e Criciúma] para continuar a recuperação", afirmou Rogério, após o jogo.

O Corinthians começou melhor no primeiro tempo, pressionando a saída de bola do Coritiba e criando mais oportunidades. Aos 6min, Gil recebeu na esquerda, fez grande jogada, invadiu a área e chutou forte, de direita, para grande defesa do goleiro Fernando.

Dois minutos mais tarde, Zé Carlos tabelou com Marcelo Ramos e tentou o cruzamento da esquerda. O chute saiu forte e a bola bateu no suporte da trave.

Em sua única oportunidade na etapa inicial, o time paranaense conseguiu abrir o marcador. Aos 13min, Alemão se livrou da marcação de Rogério no meio-campo, limpou para a esquerda e chutou forte, da intermediária. A bola entrou no ângulo direito, sem chances para Fábio Costa.

Nos minutos seguintes, o Corinthians sentiu a desvantagem e quase cedeu o segundo gol, quando Fábio Costa teve de sair nos pés do atacante Alemão para impedir a jogada, aos 17min. Depois disso, o Coritiba não teve mais chances para ampliar.

Aos 29min, Rogério cobrou falta da intermediária, à esquerda da área. A bola foi direto para o gol e Fernando, com dificuldade, desviou para escanteio. Dez minutos depois, Rosinei recebeu na direita e chutou ao lado do gol do Coritiba.

Depois do intervalo, o Corinthians conseguiu chegar ao empate. Gil fez a jogada na direita e cruzou. Rogério entrou pela esquerda e chutou dividido com a defesa. A bola quicou no chão, encobriu o goleiro Fernando e entrou, aos 6min.

A virada veio quatro minutos depois. Betão fez bom corte na defesa e lançou para a área do Coritiba. A defesa paranaense parou e a bola sobrou para Gil, que chutou cruzado, de esquerda, marcando seu segundo gol no Brasileiro.

O Corinthians perdeu uma chance clara de marcar o terceiro aos 23min. Rosinei recebeu a bola sozinho, avançou e, frente a frente com o goleiro Fernando, tentou o drible, mas não conseguiu fazer o gol, já que a marcação voltou bem e conseguiu abafar o chute.

Três minutos depois, em um contra-ataque rápido, Gil tocou para Fábio Baiano e recebeu de volta, na entrada da área. O atacante tentou cruzar para Jô, mas a defesa do Coritiba cortou antes da chegada do corintiano. Na seqüência, o Coritiba ameaçou em um chute da entrada da área de Roberto Brum, mas o goleiro Fábio Costa desviou para escanteio.

No final do jogo, o Coritiba tentava, mas não criava mais oportunidades de perigo, esbarrando em um esquema defensivo bem armado por Tite. O técnico corintiano trocou os três zagueiros por uma linha de quatro defensores, ao tirar Zé Carlos e deslocar Betão para jogar pela esquerda.

Aos 47min, Fábio Costa salvou o time com uma grande defesa após desvio do ataque do Coritiba, em cobrança de escanteio da direita. O time da casa ainda tentou pressionar, mas os paulistas se seguraram bem para garantir a vitória.

CORITIBA
Fernando; Tesser (Laércio), Miranda, Reginaldo Nascimento e Ricardinho; Ataliba (Alexandre Fávaro), Roberto Brum, Capixaba e Cléber (Rodrigo Batata); Tuta e Alemão.
Técnico: Antonio Lopes.

CORINTHIANS
Fábio Costa; Ânderson, Betão e Valdson; Rosinei, Fabinho, Rogério, Fábio Baiano (Bruno Octavio) e Zé Carlos (Wendel); Marcelo Ramos (Jô) e Gil.
Técnico: Tite.

Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Juiz: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Gols: Alemão, aos 13min do primeiro tempo; Rogério, aos 6min e Gil, aos 10min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Ataliba, Alemão (Coritiba) Fábio Costa, Valdson, Fabinho (Corinthians).
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo