Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Corinthians teve cinco técnicos com estilos diferentes

30 Jul 2004 - 10h23
Ordens para "pegar" o rival, teorias mirabolantes e xingamentos nos treinos foram ouvidos pelos corintianos antes de eles trabalharem com Tite.

Desde que Parreira deixou o Parque São Jorge, no início de 2003, eles tiveram cinco treinadores de estilos diferentes. Primeiro veio Geninho. Fã do "futebolês" ele causou polêmica ao berrar para o lateral Roger, hoje no Flamengo, "pegar" D'Alessandro no jogo em que o River Plate eliminou o Corinthians da Libertadores-2003. O atleta bateu e foi expulso.

"Não mandei bater, só pedi para ele marcar", justificou o treinador na ocasião.

Depois dele veio Júnior, que comandou o time só em dois jogos. Ele pouco falava durante as partidas, ficava com as mãos nos bolsos e batia na bola nos treinos para ensinar os atletas.

Juninho, seu substituto, inovou mais. Usou exemplos do futêvolei para orientar a defesa e pregou a teoria do ímpar. Segundo sua tese, é sempre melhor ficar numa posição ímpar na tabela de um campeonato.

Antecessor de Tite, Oswaldo de Oliveira era polido e falava de jazz nas entrevistas. Nos treinos, passou a abusar dos palavrões pouco antes de ser demitido pela diretoria.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro
ORAÇÕES
Estado de saúde de Cláudia Rodrigues (a diarista) é grave
PAULISTÃO IV
“Hoje foi realmente a estreia do São Paulo”, diz Mancini após vitória
PAULISTÃO III
Carille vê Corinthians abaixo: “Fomos premiados com o empate”
PAULISTÃO II
Com falha e ‘milagre’ de Prass, Palmeiras busca empate com gol de estreante
PAULISTÃO
Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu
MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local