Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Corinthians tenta feito que já não consegue há 7 meses diante do PR

8 Set 2007 - 07h54

Após conquistar seis pontos nos últimos dois jogos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta o Paraná, no domingo, às 19h, em Curitiba, em busca de um feito que não consegue há cerca de sete meses: vencer três partidas seguidas.

Apenas duas vezes no ano o time do Parque São Jorge conseguiu o feito, sendo que a última ocorreu em março, quando bateu Bragantino (Paulista), Treze-PB (Copa do Brasil) e Noroeste (Paulista).

Neste Brasileiro, cinco pontos separam corintianos e paranistas. A equipe do Sul tem somente 28 pontos e está na zona de rebaixamento, enquanto os paulistas estão com 33, na décima posição, e já sonham até com a Libertadores --O Vasco, quarto colocado, tem 39.

Para a partida deste domingo, o técnico corintiano Zé Augusto fará três modificações na equipe que venceu o Santos e o América-RN nas recentes rodadas do Brasileiro.

O volante Nilton, que vinha jogando de líbero, torceu o joelho direito na última quarta e está fora. O atleta fará exames e será reavaliado na próxima segunda-feira. A novidade na posição é a volta do zagueiro Marinho, que ficou afastado mais de quatro meses e formará o trio de zaga ao lado de Betão e Zelão.

O lateral-esquerdo Gustavo Nery se recuperou de lesão na coxa direita e deve entrar na vaga do improvisado Carlão. Já na vaga deixada pelo atacante Arce, suspenso, a novidade deve ser a estréia do jovem Lulinha como titular.

Mas não será dessa vez que os três novos reforços do Corinthians estrearão com a camisa alvinegra. O meia Aílton, o zagueiro Fábio Braz e o lateral Iran estão fora da partida deste domingo.

Após as derrotas sofridas para o São Paulo por 6 a 0 e para o Náutico por 4 a 2, o Paraná "junta os cacos" para encarar o adversário. Pressionado, somente uma vitória abafará a crise que perturba os jogadores, dirigentes e o técnico Lori Sandri.

"Nada deu certo para a nossa equipe nas últimas partidas. Quando isso acontece, só resta trabalhar, pois a fase ruim sempre passa. Ninguém desaprendeu a jogar futebol. Sei que o torcedor está chateado, também estamos, mas vamos tirar o clube desta situação", disse Sandri.

Para o jogo, o Paraná perdeu por contusão o goleiro Flávio e o zagueiro Neguette, além do volante e capitão paranista, Beto, que foi expulso. Com isso, o goleiro Gabriel, o zagueiro Toninho e o volante Adriano, respectivamente, serão os titulares. Os zagueiros Nem e Luis Henrique, também lesionados, seguem entregues ao departamento médico.

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes