Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Corinthians quer impedir ascensão do Inter-RS no Brasileiro

20 Jul 2004 - 08h08
O Corinthians tenta transformar o Internacional em sua primeira vítima na metade de cima da tabela neste Brasileiro.

Na partida desta terça-feira, às 20h30, no Pacaembu, a equipe de Tite enfrentará o sexto colocado do Nacional, que pode ficar entre os quatro primeiros se obtiver a vitória.

Sete dos dez melhores classificados já jogaram contra os corintianos. Nenhum deles perdeu. Palmeiras, Santos, Ponte Preta, Atlético-PR e Juventude saíram do confronto com três pontos. São Paulo e Goiás empataram.

O clube paulista tenta impedir que o Inter também o use como escada para subir na classificação. Desses sete times que brigam no alto da tabela, só o São Paulo, que era o quarto e agora é o terceiro, estava entre os dez ao cruzar com a equipe do Parque São Jorge.

Líder, o Palmeiras era só o 19º antes da quarta rodada, quando goleou o Corinthians por 4 a 0.

A recuperação do Santos, também passou por um triunfo sobre o rival: 3 a 2, na 12ª rodada. Até então, o time de Vanderlei Luxemburgo ocupava o 11º lugar.

As cinco vitórias corintianas foram obtidas, na maioria das vezes, contra times que em vez de uma das quatro vagas na próxima Libertadores almejam se afastar da zona de rebaixamento.

O melhor deles é o Criciúma, 14º colocado, duas posições acima do Corinthians. Os outros são Payssandu (22º), Guarani (20º), Paraná (18º) e Coritiba (17º).

"O que importa é a qualidade dos nossos adversários. Por exemplo, fizemos uma grande partida fora de casa contra o Vitória, que é um time de alto nível", disse o técnico Tite. Ele referiu-se ao empate em um gol diante do clube baiano, no último sábado.

Contra o Inter, os corintianos, invictos há quatro jogos, tentam vencer um clássico nacional após quase um ano. O último triunfo contra um dos grandes no Brasileiro foi nos 3 a 1 sobre o Inter, em agosto de 2003. "Vencer o Vitória ou um clássico vale os mesmos três pontos", disse Tite.

Ele não terá o goleiro Fábio Costa, expulso em Salvador, e o volante Rogério, com três amarelos. Fábio Baiano segue contundido.

Rubinho, que não jogava desde 17 de março, na vitória por 2 a 0 sobre o Ferroviário, pela Copa do Brasil, será o goleiro.

Wendel deixa a zaga para substituir Rogério. Anderson cumpriu suspensão e retorna à defesa.

No Inter, o desfalque será o atacante Daniel, suspenso. Ele fez quatro gols nos 6 a 0 sobre o Atlético-PR, na rodada anterior. Nilmar, afastado há 34 dias por causa de uma contusão, entra.

CORINTHIANS
Rubinho; Anderson, Valdson e Betão; Edson, Wendel, Fabinho, Rosinei e Zé Carlos; Jô e Gil.
Técnico: Tite

INTERNACIONAL
Clêmer; Alexandre Lopes, Vinícius e Sangaletti; Gavilán, Edinho, Marabá, Fernandão e Alex Raphael; Rafael Sobis e Nilmar.
Técnico: Joel Santana

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo
Horário: 20h30
Juiz: Edilson Soares da Silva (RJ)
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico