Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Corinthians pega São Paulo para evitar maior tabu do clássico

14 Jul 2007 - 09h14

Em meio à maior crise de sua história recente fora dos gramados, o Corinthians enfrenta o São Paulo, às 20h30 de hoje, no Morumbi, para evitar que o ambiente ruim chegue também aos jogadores e à comissão técnica. Sem vencer há quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro, o time dirigido por Paulo César Carpegiani tem como rival o seu maior algoz dos últimos anos.

Nas últimas 12 partidas entre as duas equipes, foram quatro empates e oito vitórias são-paulinas. Em número de jogos, o tabu só tem um precedente na história do confronto: entre 1976 e 1979, foi o Corinthians que ficou uma dúzia de partidas sem ser superado.

Uma derrota corintiana neste sábado levará a série atual do confronto para 13 jogos sem vitória, uma "seca" que --caso se concretize-- passará a ser a maior de todos os tempos em embates entre os dois clubes.

O time do Parque São Jorge chega para a partida após uma semana conturbada fora de campo. Na quinta-feira, o juiz Fausto Martin de Sanctis, da 6ª vara da Justiça Federal de São Paulo, decretou a prisão do iraniano Kia Joorabchian, presidente da MSI --parceira do clube--, e de Boris Berezovsky, magnata russo que seria um dos principais investidores da empresa.

Além disso, foi determinado também o bloqueio dos valores que venham a ser creditados em contas corintianas. Também foram denunciados Alberto Dualib, presidente do clube, Nesi Curi, Renato Duprat, Paulo Angioni e o advogado Alexandre Verri, suspeitos de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Também na quinta-feira, a Corte Arbitral do Esporte, em Lausanne (Suíça), decidiu em favor do Lyon (França) na disputa judicial pela transferência do atacante Nilmar, que se recupera de uma cirurgia no joelho. O Corinthians tem 30 dias para fazer o pagamento de 8 milhões de euros à Fifa, ou estará sujeito às sanções previstas em primeira instância --como proibição de fazer transferências de atletas ou até rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Pelo lado do São Paulo, os problemas são menores e limitam-se ao campo de jogo. O ala Jorge Wagner, com uma contratura muscular, está fora da partida e será substituído por Jadílson, que volta ao time titular.

Outro setor que preocupa é o ataque, que marcou apenas oito vezes na competição --é o segundo pior, atrás apenas do América-RN. O titular Aloísio sentiu uma lesão muscular e não treinou durante parte da semana. O jogador não foi confirmado por Muricy Ramalho entre os titulares.

Uma vitória pode levar o São Paulo à vice-liderança do Campeonato Brasileiro, caso o Goiás não vença o Cruzeiro, no Mineirão. O clube paulista tem 18 pontos e está a seis do líder Botafogo, que vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos. Além de vencer o clássico, o goleiro Rogério torce por uma derrota dos cariocas.

"O Santos é difícil de ser batido na Vila, embora neste ano não esteja tão bem. Eles têm a missão deles, e nós temos a nossa. Mas é claro que, se o Santos vencer, vai nos ajudar a encostar no Botafogo", afirmou.

O Corinthians, com 13 pontos e um jogo a menos que a maioria dos rivais, ocupa a 11ª colocação na tabela.

CORINTHIANS
Felipe; Fábio Ferreira, Zelão e Betão; Pedro, Bruno Octávio, Rosinei, Willian e Marcelo Oliveira; Everton Santos e Finazzi.
Técnico: Paulo César Carpegiani

SÃO PAULO
Rogério; André Dias, Breno e Miranda; Ilsinho, Hernanes, Richarlyson, Leandro e Jadílson; Dagoberto e Aloísio.
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Horário: 20h30
Juiz: Paulo Cesar Oliveira (SP)

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos