Menu
SADER_FULL
quarta, 15 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Corinthians bate Paraná e cumpre parte da meta de Tite

25 Out 2004 - 07h50
O Corinthians bateu o desesperado Paraná por 2 a 1, neste domingo, no estádio Pinheirão, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro, e cumpriu parte da meta do técnico Tite de sair da região Sul com duas vitórias e condições para manter a busca por uma vaga na Libertadores.

O volante Fabinho marcou os dois gols do time, que jogou todo o segundo tempo com um jogador a menos, após expulsão de Edson na etapa inicial.

De quebra, o time paulista terminou com um incômodo tabu: havia 12 rodadas que o Corinthians não conseguia marcar mais de um gol em um jogo --a última vez havia sido contra a Ponte Preta no dia 14 de agosto, no Pacaembu, quando venceu por 2 a 0.

O Corinthians chegou aos 57 pontos e continua em oitavo lugar, mas apesar da vitória, o time também manteve os oito pontos que o distanciam do quarto colocado, São Caetano. O Paraná permaneceu na 22ª colocação, com 38 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

E foi justamente apostando no desespero dos donos da casa, na pressão da torcida local e nas jogadas de bola área e parada que Tite armou o Corinthians para sair com os três pontos de Curitiba.

Segundo o técnico, o gramado do Pinheirão é muito irregular, o que dificulta as jogadas por baixo. As novidades do time foram Fábio Baiano, Wendel e Jô.

O primeiro gol saiu numa jogada pela esquerda, em que o atacante Jô cruzou para o volante Fabinho mergulhar de cabeça para marcar, aos 16min da etapa inicial.

O gol desestabilizou o Paraná, que viu Fabinho ampliar aos 33min, agora em jogada com a bola rolando, após receber cruzamento novamente da esquerda do lateral Renato e tocar dentro da pequena área.

O Corinthians ainda perdeu o volante Edson, que levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo ao dar entrada violenta no atacante Cristian, aos 35min.

No segundo tempo, o Paraná aproveitou a vantagem de um homem a mais dentro de campo para marcar seu gol. Após escanteio da esquerda, Galvão completou de cabeça, aos 11min. Mas foi só.

Enquanto o Corinthians se prepara para seu segundo jogo no Sul, contra o Criciúma, na quarta-feira, o Paraná tentará buscar a reabilitação na no mesmo dia, contra o Figueirense, novamente em Curitiba.

PARANÁ
Flávio; João Paulo, Fernando Lombardi (Marcelo Passos), Émerson e Edinho; Axel, Messias, Goiano (Vandinho) e Fernando (Gerson Baresi); Cristian e Galvão
Técnico: Paulo Campos

CORINTHIANS
Fábio Costa; Anderson, Valdson e Betão; Edson, Wendel, Fabinho, Fábio Baiano (Coelho) e Renato (Coelho); Jô e Gil
Técnico: Tite

Gol: Fabinho, aos 16min e 33min do primeiro tempo; Galvão, aos 11min do segundo tempo
Cartões amarelos:Axel, Vandinho, Messias e Galvão; Fábio Baiano e Gil
Cartão vermelho: Edson
Juiz: Elvecio Zequetto (MS)
Estádio: Pinheirão, em Curitiba (PR)

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.
ESTUPRO VULNERÁVEL
Criança desabafa com amiga de classe que era estuprada por padrasto; ele está foragido
CABRA MACHO
Exigência de masculinidade: edital de concurso da PMPR causa polêmica
FAMOSIDADES
Silvio Santos reclama da filha: 'Patrícia não faz nada e ganha um belo salário'
BELEZA
Piauiense que venceu Miss Brasil Mundo 2018 diz que já passou fome e teve preparação forte
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Beto pede separação a Karola e vilã finge aceitar