Menu
PASSARELA
segunda, 25 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Convênio atenderá adolescentes de entidade de Dourados

1 Dez 2004 - 08h29
Com o objetivo de viabilizar recursos para a Associação dos Patrulheiros Mirins de Dourados, o secretário de Estado de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Sérgio Wanderly Silva, o deputado estadual Ari Artuzi (PDT) e o presidente da entidade, Marcos Dias de Paula, assinaram, na tarde de ontem, na secretaria, convênio no valor de R$ 29 mil.

O recurso será disponibilizado pelo Fundo de Investimento Social (FIS), criado pela Lei nº 2.105/2000, para a implementação dos programas sociais do governo do Estado, através da arrecadação financeira, e será destinado à aquisição de 15 microcomputadores e três impressoras para o laboratório de informática a ser montado para capacitação profissional dos adolescentes. A previsão é oferecer as aulas de informática, bem como cursos de assistente administrativo, office-boy e telefonista, a partir de janeiro de 2005.

A entidade atende, atualmente, 413 alunos de 14 a 18 anos de idade com reforço escolar, cursos de liderança, atividades esportivas e oficinas culturais de música, dança e teatro. E, além do atendimento socioeducativo, realiza, também, encaminhamentos para o mercado de trabalho.

Segundo o presidente, Marcos Dias de Paula, uma das propostas da Patrulha, que já atendeu mais de cinco mil alunos desde a sua criação, é incentivar o protagonismo juvenil. Hoje, os adolescentes são considerados sócios da entidade e participam da administração com direito a voto. Além disso, desde 1997, a diretoria institucional passou a ser formada por ex-patrulheiros.

A Patrulha Mirim de Dourados é uma organização não-governamental existente há 17 anos em Dourados que, pela primeira vez, recebe recursos disponibilizados através de emenda parlamentar.

O secretário Sérgio Wanderly Silva, no ato da assinatura da emenda, mencionou a importância de viabilizar recursos a fim de atender a entidades da rede de apoio que deles necessitam. “A pobreza não é apenas falta de recursos financeiros. É uma questão de auto-estima.” Sérgio Wanderly enfatizou a importância do protagonismo dos jovens, dizendo que é fundamental que a criança, desde cedo, seja o agente da sua própria história.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru