Menu
SADER_FULL
quinta, 19 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Contratação de Tevez empolga presidente Lula

17 Dez 2004 - 17h47
Animado com a chegada do argentino Carlos Tevez ao Corinthians, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que "não haverá nenhuma salvaguarda" ao jogador que passa a integrar o time para o qual torce.

Com o mesmo bom humor, Lula abordou a discussão entre Brasil e Argentina sobre os possíveis limites no comércio bilateral, um tema que causou tensão na reunião de cúpula do Mercosul, que se encerra nesta sexta-feira na cidade de Ouro Preto.

Um assessor de Lula disse que o presidente fez esse comentário na noite de quinta-feira, uma cena assistida, entre outros, pelos seus colegas da Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

No começo deste mês, o Boca Juniors vendeu Tevez ao Corinthians por US$ 18 milhões. Não é a primeira vez que Lula expressa sua satisfação pela chegada do jogador ao time paulista.

Há dez dias, em uma reunião de presidentes de países da América do Sul no Peru, Lula comentou com entusiasmo com o chanceler argentino, Rafael Bielsa, a chegada do habilidoso atacante ao seu clube do coração.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018