Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Contrabandista pode ser impedido de ser comerciante

21 Ago 2004 - 07h32
A CPI da Pirataria apresentou à Câmara o Projeto de Lei 3967/04, que torna mais rigorosa a punição pelos crimes de contrabando e receptação. Pela proposta, além da pena de reclusão de um a quatro anos, já prevista na atual legislação, quem comprar, transportar ou ocultar coisa que saiba ser produto de crime também perderá o direito de exercer o comércio.
Ainda de acordo com o projeto, estará sujeito às mesmas punições quem importar ou exportar mercadoria proibida, ou sonegar o imposto devido por entrada, saída ou consumo de produto. Nesse caso, o infrator também perderá a mercadoria e o veículo usado para transportá-la, e será proibido de voltar à atividade comercial.
O texto mantém a pena de reclusão de três a oito anos, além de multa, para quem “adquirir, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, desmontar, montar, remontar, vender, expor à venda ou utilizar, no exercício de atividade comercial ou industrial, coisa que deve saber ser produto de crime”. Mas introduz a proibição de que o infrator volte a comercializar produtos.

O projeto será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, e pelo Plenário.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho