Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 15 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Contra o Náutico, Palmeiras busca terceira vitória consecutiva

7 Jul 2007 - 10h10

Nem o palmeirense mais temeroso com o futuro de sua equipe no Brasileiro poderia desejar dupla melhor de adversários para servirem de "sparring" ao ascendente time do técnico Caio Júnior.

Após bater o lanterna América-RN (2 a 0), o Palmeiras joga no estádio dos Aflitos, em Recife, contra o Náutico, segunda pior equipe do campeonato, com seis pontos e a defesa mais vazada da competição (20 gols) até o início da décima rodada.

Um trampolim perfeito para quem, antes de vencer o Corinthians há uma semana (1 a 0) e iniciar a reação, era o 14º colocado, com apenas oito pontos --na ocasião, um ponto acima da zona do rebaixamento.

Atualmente em sétimo e distante sete pontos da degola (o time soma 14), os paulistas querem aproveitar a chance de aniquilar os rivais mais fracos. Mesmo que o discurso traga a habitual apologia à humildade.

"Todo mundo falou que o América seria fácil, mas encaramos igual ao Corinthians, com muita pegada. O Náutico está num momento difícil, mas precisamos respeitá-los", declarou o zagueiro Gustavo.

Uma vitória hoje é vista pelo elenco como a prova definitiva de que a maré virou de vez no Parque Antarctica.

Quem viveu o mais recente inferno astral no clube e agora participa da sua reação diz que o confinamento em Jarinu (71 km da capital), na semana passada, foi fundamental.

"O ambiente estava ruim antes das duas vitórias. Fomos para Jarinu, nos fechamos e conseguimos vencer", falou o meia Caio, que fez gol no América.

Claro que o mais importante foi feito dentro de campo. Sem sofrer gols há duas rodadas no Nacional, o Palmeiras parece acertar, aos poucos, a sintonia entre uma retranca eficiente e um ataque produtivo.

"Levamos muitos gols no início e agora achamos o caminho ideal", afirmou o zagueiro Nen, que formará o trio defensivo com Gustavo e Dininho pela terceira vez seguida.

A tendência é que Caio Júnior mantenha o esquema 3-6-1, com Luís isolado na frente. Luiz Henrique, cujo nome apareceu ontem no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, deve começar no banco.

O desfalque será o volante Pierre, suspenso pelo terceiro amarelo. Makelele aparece como o provável substituto.

NÁUTICO
Rodolpho; Onildo, Toninho e Allysson; Deleu, Daniel Paulista, Elicarlos, Acosta e Júlio César; Felipe e Kuki.
Técnico: Roberto Fernandes

PALMEIRAS
Diego; Gustavo, Nen e Dininho; Paulo Sérgio, Makelele, Wendel, Martinez, Caio e Valmir; Luís.
Técnico: Caio Júnior

Local: estádio dos Aflitos, em Recife
Horário: 18h10
Juiz: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.
ENTRETENIMENTO
Com direito a uniforme e crachá, “cão frentista” viraliza e ganha milhares de fãs