Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Contador é preso por fraude no INSS e escritório é fechado

13 Jul 2004 - 09h59
 

A força-tarefa formada por policiais federais e fiscais do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) prendeu na última sexta-feira o contador Tércio Moacir Brandino e seu auxiliar, Sidnei Faustino Limeira, por fraudarem guias de recolhimento de pagamento da previdência social.

Sidnei foi flagrado na agência central de Campo Grande, de posse dos documentos com mostras de falsificação. A partir daí a polícia chegou ao escritório de Tércio, na Rua Arlindo de Andrade, na Vila Sobrinho, onde foram apreendidos carimbos falsificados do órgão público e numerosos documentos fraudados usados no esquema para se obter certidões negativas junto ao INSS.

A ação era requerida por empresas que sonegam contribuição do INSS e querem participar de licitações do poder público, assim, precisando das certidões negativas, que seriam requeridas no órgão com base nas guias de pagamento falsificadas. A partir da prisão dos dois, a polícia investiga agora quais são os demais envolvidos no esquema e quanto já sonegaram do INSS. Eles estão à disposição da Justiça em cela na Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'